sábado, 23 de outubro de 2010

DESTINOS PARALELOS

.Hélio Cunha, A Caixa da Felicidade
.
.
.
É por demais comum a pergunta: e se...?
Mantendo a estrutura do último texto aqui publicado, com a etiqueta "bloco de notas" (textos para serem desenvolvidos, mais tarde, com outra profundidade) nada mais natural que tentar (re)escrever o destino, dar-lhe novos contornos.
Quanto a mim, criatura de poucas certezas, faz todo o sentido.
.
.
Nasceram em geografias diferentes. Mas ambos caminhavam desde que tinham consciência de si. A princípio muito atabalhoadamente, fase em que o dogma tivera muito peso, mas a pouco e pouco foram conseguindo resgatar as cortinas do pensamento. Curiosamente, quando perceberam que nunca deveriam ir pelo caminho mais fácil, começaram a encontrar cada vez menos pessoas. Mas prosseguiam, munidos da sua convicção.
O processo nunca fora fácil. Tinham ultrapassado abismos, atravessado desertos... Por diversas vezes tiveram que parar, pausas concedidas a si próprios para retemperar forças. Quando começavam a sentir o apelo de ficar, sinal de que estavam a baixar a guarda, sabiam que era chegada a hora. E partiam, cada vez mais por caminhos pouco percorridos. De quando em vez ainda olhavam para trás, sintoma de alguma dúvida, mas era coisa de momentos. Sabiam que tinham de continuar.
No início da subida da Grande Montanha, quando se julgavam sós, sentiram a aura um do outro, vindas de caminhos paralelos. Traziam os mesmos sinais do percurso, marcas profundas gravadas em constante esgravatar. Não foi preciso muito para se entenderem. Os olhos de ambos já tinham visto muito, qual filtro alquimista forjado no essencial.
Subiram a montanha de mãos dadas. O que encontrassem no cume já pouco importava. Tinham encontrado a sua luz.
.
.
.

83 comentários:

  1. Nunca estamos sós e para além dos caminhos paralelos há os perpendiculares que, um dia, nos fazem descobrir o outro. :)

    ResponderEliminar
  2. Agostinho,
    Como já comentei no anterior post, entendo que quem escolhe o caminho da persistência, do trabalho, do empenho, da honestidade e dos princípios e valores essenciais chegará, com maior ou menor facilidade, ao cume da montanha com o sentido de que valeu a pena o esforço.
    Muito bem encadeados os dois posts.
    Abraço
    caldeira

    ResponderEliminar
  3. Meu querido,
    Que delicía de texto.
    Gosto do caminho estreito, ele me dar + trabalho mas eu prefiro essa trilha para seguir.
    Adoro tua escrita, e você .
    Porque na tua scrita tem teu todo.

    Beijo AC.
    Fernanda.

    ResponderEliminar
  4. Dos trilhos que sem se cruzarem se encontram e no encontro se perpetuam, mãos dadas, vida fora...

    Um conto ou um romance pode nascer assim, a partir de fragmentos dentro de uma mesma realidade, porque a literatura imita a vida e a vida, o que é senão a unidade de fragmentos feita?

    Um beijo

    ResponderEliminar
  5. ...enquanto meus olhos percorrem o que escreves, minha mente percorre o caminho que ela desenha ...adoro!
    Beijossssss AC e um super final de semana.

    ResponderEliminar
  6. AC,


    Acredito nessa interioridade da alma que só os olhos possuem, trocam... nem é preciso muito se entender, basta as mãos se tocarem na ânsia de caminharem juntos!

    Um belo post!


    Um abraç, Marluce

    ResponderEliminar
  7. ENCONTAR UM APOIO É MUITO IMPORTANTE NA VIDA. TORNA TUDO MAIS SUAVE. ESSES CAMINHOS REMETEM-ME PARA A SITUAÇÃO DO PROFESSORES EM PORTUGAL...ANDAM COMO OS CIGANOS DE UMA LADO PARA O OUTRO. É UMA SITUAÇÃO DE PLORÁVEL

    ResponderEliminar
  8. PEÇO DESCULPA...QUANDO ME PREPARAVA PARA CORRIGIR O COMENTÁRIO DE REPENTE ELE É PUBLICADO.UM GESTO EM FALSO...

    MAS RETOMANDO...
    APESAR DE TODAS AS AGRURAS, OS DESTINOS SÃO PARALELOS...TINHAM-SE UM AO OUTRO...:)

    BEIJO;)))

    ResponderEliminar
  9. Oi, A.C.

    Nossa!!! Que texto magnífico, meu amigo!
    Amor de completude isso... de olhar nos olhos e não precisar palavras! de alcançar o topo juntos, mas a vitória não significaria isso, mas sim o simples fato de estarem juntos...

    Belíssimo!
    Beijos, querido.

    ResponderEliminar
  10. Maravilhoso teu texto,profundo e faz pensar!abraços,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  11. AC ,

    quando se dá as mãos , muito em comum já existe .E não é por acaso .
    E quando se sobe a montanha , enfrentando algumas provas , e as mãos continuam unidas , a luz tem que ser a união .

    Gosto , e muito , destes textos .

    Um beijo ,
    Maria



    Muito obrigada pelas palavras deixadas num dos blogs .

    ResponderEliminar
  12. Nossa!! Calou fundo na alma.
    Lindo!!!
    Lindo demais...
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Posto que incorrigivelmente romântico, tal qual igual a mim... Gostei do que li. Adoro seus textos. Lindamente construídos. Principalmente com a etiqueta "textos para serem desenvolvidos, mais tarde, com outra profundidade", novos contornos... É isso...

    Beijão

    Carla

    ResponderEliminar
  14. Paralelas que se cruzam... Quem disse que não podem?! A alma do poeta é capaz de tudo!
    Um beijo, adorei o texto!

    ResponderEliminar
  15. Olá AC, muito prazer!

    Que bom que veio ao meu blog seguindo a trilha da querida amiga Francy's. E eu... Só ganhei com isso, porque assim cheguei ao teu blog, igual a esse seu conto belíssimo, como se fosse à montanha pela luz das palavras.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  16. Olá,

    Muito interessante de facto... gostei bastante uma escrita profunda e suave...!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Olá amigo AC! Belíssimo, seu conto Um primor de narrativa.O encontro de auras coroa qualquer relação, na minha opinião.

    Um beijo, AC.

    {zzzzzz...) "Brigada", viu? :)

    Adorei ver a querida escritora Mada aqui. Ela é minha amiga há anos, AC.

    ResponderEliminar
  18. Ora, aí está uma outra visão.
    Menos solitária, menos dolorosa, portanto.
    Caminhos difíceis, percursos paralelos e finalmente o cume da montanha.
    Boa luz!
    :)

    ResponderEliminar
  19. E eu acredito bastante nesse tal de destino!!!!
    Até demais...
    Bjks =*

    ResponderEliminar
  20. Este é o final que eu mais gosto!
    É mais calmo, mais tranquilo, menos solitário e, sobretudo, mais doce.
    Sempre é melhor subir a montanha da vida de mão dada com alguém.

    Bjs
    MariaIvone

    ResponderEliminar
  21. AC, eu sei que você é você, mas, às vezes, na verdade quase sempre, tenho a sensação de que você é uma outra pessoa a quem conheço e é tão estranho e inquietante encontrar alguém em alguém.
    beijo.
    BF

    ResponderEliminar
  22. Oii!
    Parabéns pelo blog =)
    Texto bem marcante e profundo,gostei muito!
    E não felicidade maior do que quando encontramos a luz.(:

    Bjos e boa noite =)

    ResponderEliminar
  23. e se?... tb essa pergunta tem lugar no blog...
    gosto muito do optimismo deste texto... a luz...

    ResponderEliminar
  24. AC

    o livre arbítrio é assim exactamente,

    redescrever destinos!

    uns, mais luminosos do que os outros...

    um beijo

    manuela

    ResponderEliminar
  25. Olá AC,
    Caminhar paralelamente de mãos dadas com os sonhos singulares de cada um, e no fundo o sonho é comum!

    Gostei, muito!

    Bjs dos Alpes

    ResponderEliminar
  26. ACêamigo

    Que texto interessante - e muito bem escrito. Para quem gosta de alinhavar prosa, como é o meu caso, tenho de te felicitar. E agradecer pela tua oferta literária, bem como pelo prazer que me proporcionaste.

    Registo a forma como o encerras: «Subiram a montanha de mãos dadas. O que encontrassem no cume já pouco importava. Tinham encontrado a sua luz». Para encontrar a luz tem de subir-se a Montanha. Tarefa difícil, mas sem dificuldades nem adversidades nunca se vive a vida e, muito menos, se sobe qualquer montanha, por mais alta que seja.

    Espero-te, uma vez mais, na minha barraca da Travessa do Ferreira.

    Abs

    .

    ResponderEliminar
  27. Belo e verdadeiro texto...
    Aliás, és mestre em suas escritas...
    Agradeço seu carinho, em visita e comentário em meu texto, sempre sinto-me feliz com sua visita
    Abraços carinhoso

    Preciosa Maria

    ResponderEliminar
  28. Mais um belo texto! Fez-me lembrar o poema de Robert Frost, "The Road Not Taken" que termina assim:
    "I took the one less travelled by,
    And that has made all the difference."

    Nem sempre os mais fáceis de trilhar, os caminhos menos escolhidos. Por isso, uma boa companhia sempre ajuda à escolha e ao processo que a concretiza.

    Um abraço e os votos de um bom Domingo!

    ResponderEliminar
  29. Muito bom seu texto, feliz domingo, obrigado pela visita e comentário, já sigo.

    ResponderEliminar
  30. A opção caíu no aspecto mais belo! Os caminhos podem ser muito difíceis, mas de mão dada sempre vamos melhor!
    Beijos,
    Manuela

    ResponderEliminar
  31. A chegada ao topo talvez não seja tão importante pois o importante mesmo estão no caminho que fazemos...

    belo texto!!!

    bjinhus...

    ResponderEliminar
  32. muito obrigada mesmo :)

    gostei muito deste espaçinho também vou seguir :)

    ResponderEliminar
  33. Há sempre um ponto de encontro, há sempre uma luz....
    Os abismos, os tropeções fazem parte da aprendizagem....
    Tema interessante...Gostei imenso...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  34. AC,

    O importante foi a subida, essa é a parte que , realmente, tem significado. Essa é a verdadeira luz.

    Bjs e boa semana

    ResponderEliminar
  35. Passei para conhecer seu blog, uma beleza seu texto, parabéns, já sigo, se puder visitei meu blog

    http://umcoracaoqueama.blogspot.com

    ResponderEliminar
  36. O que tudo procuramos:

    A LUZ!

    Saudações poéticas

    ResponderEliminar
  37. Obrigada pelo carinho no meu blog. Orgulhosa de ser seguida por alguém de tanto telento. Te sigo daqui, além mar.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  38. Ainda sobra tempo para continuarmos a caminhada?

    Também é uma interpretação possível: a luta e a persistência do escritor, em busca de um mundo melhor.E que percurso o seu.E saber que assisti à subida da montanha...

    Abraço, Agostinho!!!

    ResponderEliminar
  39. AC, que lindo. Eu precisava ler isto hoje, obrigada!


    Beijos

    ResponderEliminar
  40. O importante é caminhar. Alcançar o cume da montanha, ainda que não se saiba o que vamos encontrar. Saber que há sempre alguém que caminha na mesma direcção que nós, é por vezes a única coisa que nos move.

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  41. Feito para mim...
    Nao me canso de ler. Coincidencia? Nao acredito.

    ResponderEliminar
  42. AC,
    Como gostei daqui também!
    Obrigada pela sua visita e seja muito bem-vindo!

    Este texto é de muita sensibilidade. Adorei!

    bjkas

    ResponderEliminar
  43. Um texto muito belo e de uma sabedoria impressionante... Amigo é um grande prazer estar aqui contigo, pois amei teu espaço iluminado e enriquecedor! Obrigada pelo carinho da tua visita! Seguindo-o com imenso prazer! Deixo a ti um abraço e meu carinho... Bjsss

    ResponderEliminar
  44. AC,

    Nossa...belo texto!!Parabéns pela postagem!!

    Um beijo e tenha uma linda semana!!

    Reggina Moon

    ResponderEliminar
  45. Ler-te acendeu em mim uma esperançazinha, minúscula, de que os caminhos nem sempre estão definidos.

    Adoro sua interioridade, moço.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  46. Olá. Venho retribuir a visita ao meu rural. foi preciso ires até ao Brasil, estando aqui tao perto?
    :):)
    Fundão!! Pois Fundao =Castelo Novo, conheço bem vou À serra da Estrela muitas vezes . os pais do meu genro são de lá perto por isso visito essa zona. ainda há dia ao visitar castelo novo (fui parada pela GNR) e indo em direcção ao Porto multada. Tb já me fiz (per)seguidora e sócia permanente daqui. voltarei
    kis :):)

    ResponderEliminar
  47. Desculpa AC napo consigo fazer-me sócia, dá : volte mais tarde... lamentamos..tal e coisa voltarei miais tarde. pode ser que esteja aberto a opção.
    kis :):)

    ResponderEliminar
  48. Bom Dia

    Uma passagem rápida e urgente
    Pra desejar-te uma semana em Paz e cheia de amor feito esta Lua cheia.

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  49. ola
    adorei seu blog e estou te seguindo
    me faça uma visita:
    www.flordelotus29.blogspot.com
    me siga. vou adorar que sejamos amigos
    beijos

    ResponderEliminar
  50. Todas as linhas paralelas no infinito se encontram num ponto de origem, queira Deus que seja de luz! Um abraço

    ResponderEliminar
  51. AC, BOM DIAAAA!!!
    Beijos e uma otima semana!

    ResponderEliminar
  52. Por vezes sentimos que estamos sos...mas é pura ilusão...estamos sempre acompanhados...
    Beijo d'anjo

    ResponderEliminar
  53. Caminhos, espero que ao chegar no topo a minha caminhada tenha sido muito válida! bjs, ótimo post!

    ResponderEliminar
  54. que mais podemos querer...do que caminhar com alguem ao encontro da luz...
    Gostei de andar por aqui
    brisas doces daquelas que engordam a alma***

    ResponderEliminar
  55. Olá meu amigo.
    O que deixaste em meu recanto, assim te respondo:
    Não, o que lá está é uma questão de minha lógica, porque de fato, não se pode mudar. E o bonsenso me diz: Acalma, espera que o tempo dirá...

    Eu me encanto com a profundidade de teus escritos.
    De teor profundo, espiritualizado, algo bem definido no real, como uma descrição dos trajetos das almas...

    Feliz semana pra ti

    Bjs

    Livinha

    ResponderEliminar
  56. gostei desta viagem sem mapa até à montanha.



    beijo.



    MJQ

    ResponderEliminar
  57. Que texto lindo!!! A arte tem caracteristicas engraçadas, uma delas é que vc tanto pode ler uma obra quanto ela pode ler você, um fato de sua vida, um estado ou uma relação, o artista fala de outros falando de si...

    A obra que vc deixou aqui ler perfeitamente uma situação/relação que a internet me permite experimentar já há algum tempo, uma amizade especial, que se eu tivesse que descrever usaria as suas palavras!!!
    ___

    Ah, obrigada por sua visita em minha caixa, também vou te seguir com todo gosto... Adentrar esse Interior também requer tempo... espero que tenhamos muitos encontros, então até o próximo!!!

    Chero, Pandora!

    ResponderEliminar
  58. Lindo!
    Lindo!

    AC, obrigada pela visita, sempre agradavél, atenciosa.
    Beijos

    ResponderEliminar
  59. AC como voce é um universo rico em idéias e belezas da alma... adorei especialmente o desfecho...
    Doce semana amigo...beijos...
    Valéria

    ResponderEliminar
  60. AC

    Às mãos do escritor, a ideia inicial é apenas o fio condutor de todas as escolhas possíveis. As certas e as incertas. Sem certezas nem outras radicais convicções.
    A meu ver, existe mais luz quando a caminhada é feita de mãos dadas e a subida da montanha é apenas um dos trajectos possíveis em simetria.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  61. Um belissimo dia pra ti amigo,,,abraços.

    ResponderEliminar
  62. Nossa que texto lindo e profundo *.*

    Adorei!

    Grande beijo.

    ResponderEliminar
  63. AC
    Eu me encantei com seus escritos, que facilidade tem para descrever.
    Eu só faço rascunhos, mesmo assim de minha propria vida.
    Um abraço
    com carinho MOnica

    ResponderEliminar
  64. O caminho fica mais florido quando não estamos sós.

    ResponderEliminar
  65. Que lindo... tão bom subir a montanha de mãos dadas, ainda mais se for envolto a tanta luz.

    Obrigada pela visita e pelo comentário no meu blog!

    Peguei meu banquinho e vou me assentar por aqui também ;)

    Um beijo

    ResponderEliminar
  66. Perfeito. A vida é mais leve acompanhado.

    Bjs!

    ResponderEliminar
  67. Oi AC...

    Quero lhe agradecer pela atençao,pelo carinho...amizade...sentimentos que só os grandes de alma possuem,dizer que sinto um enorme carinho por vc meu amigo.

    Seu texto está maravilhoso...amei..."eles enfim encontraram a luz"

    Bjos....obrigada!

    Zil

    ResponderEliminar
  68. Oiê,

    Então amigão, da para escrever um livro de meditações com seu texto... Lindo!

    Abraços :)

    ResponderEliminar
  69. AC tua sensibilidade me emociona muito. Usas tua sabedoria com nuances de delicadeza, que tornam suas palavras um bálsamo para almas cansadas iguais a minha. Um beijo bem carinhoso!

    ResponderEliminar
  70. Vim reler-te, "roubar" um tantito dessa luz e deixar um beijo.
    Também acho bonito aquele som :-)
    Ainda bem que gostaste.

    ResponderEliminar
  71. Quando chegamos ao cume da montanha de mãos dadas há sempre a sensação de que valeu a pena o esforço.
    Sempre lindos estes textos!
    Bjs

    ResponderEliminar
  72. AC ,

    Te relendo e deixando BjO
    de Boa Noite .... :)

    ResponderEliminar
  73. "Curiosamente, quando perceberam que nunca deveriam ir pelo caminho mais fácil, começaram a encontrar cada vez menos pessoas. Mas prosseguiam, munidos da sua convicção."
    Nunca escolhi o caminho fácil e percorri muitas vezes esse caminho sozinha mas não perdi a convicção, continuo a caminhar.
    Excelente AC, o número de comentários diz tudo. Beijinhos

    ResponderEliminar
  74. Copiei teu texto para mim.

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  75. Estou sem palavras.
    Isso é mais do que bonito, é de uma verdade tão
    profunda que até dói.

    Meus sinceros parabéns.

    ResponderEliminar
  76. Lindo texto, concordo com o comentário de Caroline Derschner... "até dói" mesmo.
    Desculpe a ausência é que estive viajando e só entrei hoje. Um grande Bju.

    ResponderEliminar
  77. Belo texto carissimo, como sempre a sua sensibilidade a flor da pele.
    bjs.

    ResponderEliminar
  78. Essa é minha história...e anelo pelo dia em que subiremos a montanha de mãos dadas...
    por enquando apenas nos sentimos de longe em nossas linhas paralelas...
    Maravilho texto, tem todo o sentido pra mim..
    Abraços

    ResponderEliminar