terça-feira, 2 de novembro de 2010

POETISA

.
.Imagem tirada da net
.
.
Forjara os sonhos em olhares, sensações e desejos, temperados com muito afecto.
Tinha a convicção dos eleitos, e nada parecia esmorecer tamanha determinação. Às vezes choramingava, é verdade, mas depressa fazia das fraquezas forças. O que mais a tocava era a incompreensão dos que a tentavam magoar, talvez porque ousasse percorrer as veredas da verdade, a sua verdade, que respirasse coragem onde os outros baixavam os olhos. Mas prosseguia o seu caminho, sorrindo, semeando poesia em réstias de luz.
Sentia que quanto mais avançava mais se afastava dos outros, mas tinha a plena convicção, vinda do mais fundo de si mesma, de que era aquele o caminho. Gostava deles, mas tinha que se afastar. Talvez um dia compreendessem. Ou talvez não. Aquele era o seu rumo, a construção do seu sonho, e estava disposta a tudo para o continuar a trilhar.
As cumplicidades, ainda que poucas, foram reforçando o alento. O calor da mão aberta, um olhar de mil palavras, um mergulho em águas claras...
Maria dos olhos claros, poesia em movimento, o respirar como destino.
.
.
Reedição
.
.

108 comentários:

  1. AC...lindo!
    Adorei o texto, a imagem...lindo!
    Beijossssss

    ResponderEliminar
  2. ...passou por si, AC?!

    em cada trilho, a poesia tem um lugar!

    um beijo

    manuela

    ResponderEliminar
  3. AC este é o retrato da alma de mil poetas!
    Belo...
    Bjs poéticos!

    ResponderEliminar
  4. Por coincidência, de alguma forma, a partir de alguns estratos dela, me vi na tua Maria.
    Será que é sina de Maria?
    beijo.

    ResponderEliminar
  5. "...semeando poesia em réstias de luz..."
    AC é isso exatamente o que fazes comigo
    querido amigo! Ler-te é uma delícia!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Ac se me permite passo por aqui no seu blog, dizendo que estas palavras fizeram sentido para mim, como se eu fosse essa personagem poética ou real, em busca de cumplicidades e energias múltiplas para continuar a trilhar os meus sonhos...
    Belas palavras, bela imagem.

    ResponderEliminar
  7. Às vezes dói, a certeza desse percurso às avessas que nos empurra para dentro, nos afasta dos outros. Outras vezes... "um olhar de mil palavras, um mergulho em águas claras..." condição suprema do "respirar como destino"

    Um beijo

    ResponderEliminar
  8. Nossa, AC! Que poema mais belo! Sensível, delicado, suave como tem que ser a poesia, como são todas as Poetisas. :)

    Amei!

    "Mas prosseguia o seu caminho, sorrindo, semeando poesia em réstias de luz."

    Perfeito, amigo Poeta!
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Oi AC...

    Que lindo!!!!

    A imagem e o texto ficaram perfeitos!

    Pura magia!
    Linda Maria!
    Bjos!!!!
    Zil

    ResponderEliminar
  10. Por vezes, há caminhos que temos que trilhar sozinhos...
    Para que a magia se repita em palavras tão perfeitas...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  11. Nossa, um texto que cala fundo na alma da gente...
    Na minha calou ;)
    Beijo grande

    ResponderEliminar
  12. AC lindíssimo e para o dia de hoje caiu muito bem. A incompreensão dos que desejam machucar! Ainda bem que ela croraminga mas logo sacode a poeira.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  13. O seu texto é belíssimo.
    Apreciei de um modo mais especial este excerto que retirei: "O que mais a tocava era a incompreensão dos que a tentavam magoar, talvez porque ousasse percorrer as veredas da verdade, a sua verdade, que respirasse coragem onde os outros baixavam os olhos. Mas prosseguia o seu caminho, sorrindo".
    É para mim particularmente tocante porque já passei por esta sensação.
    A tentativa de aniquilamento, asfixia, afastamento só porque defendia os princípios e a verdade de um modo diferente...

    ResponderEliminar
  14. Agostinho,
    Bela prosa poética (paradoxo, ou nem tanto). Esta esperança temperada de determinação consegue sempre atingir os objectivos.
    Vale a pena seguir o caminho traçado, mesmo quando há percalços e até mágoas.
    Gostei desta reedição de um texto lindíssimo.
    Um abraço
    Caldeira

    ResponderEliminar
  15. Oi AC, brilhante, sua "poetisa"!!! Coincidentemente,sua leitora acima pinçou um período que havia escolhido e que me levou a águas passadas.
    Como diz o poeta Quintana, há palavras mágicas. Verdade, por exemplo.Há outras infelizes. A incompreensão é uma delas.
    Lindíssima,lírica a expressão, "vereda da verdade".
    Quem caminha ao longo da "vereda da verdade" transporta qualquer obstáculo.
    Parabéns, amigo. Sempre.
    Um beijo

    E.T. Interessante, eu passei por aqui há poucos instantes e não havia esse post.

    ResponderEliminar
  16. Gostei tanto, tanto, deste "Maria dos olhos claros"!
    Que belo respirar como destino.
    Beijinho AC

    ResponderEliminar
  17. Que texto mágico , AC !


    "Maria dos olhos claros, poesia em movimento, o respirar como destino."

    Muito lindo isso, .... :)


    BjO Grande.

    ResponderEliminar
  18. Muito bom o seu texto, e muito bem escrito! Eu conheci uma Maria assim uma vez, "com olhos claros, uma poesia movimentada e uma respirar como o destino". Queria ter dito isso a ela

    abraços meu caro

    ResponderEliminar
  19. Belíssimo texto! Quem dera pudéssemos ser na vida como a tua poetisa e não ter o respirar como enfado.

    Um sopro de beleza sempre faz bem...
    Abraço

    ResponderEliminar
  20. lindo texto A.C., descreve uma pessoa humana com suas deficiências e qualidades, as vezes as deficiências dão lugar as qualidades. Gostei principalmente do modo como descreves um distanciamento necessário. beijos!

    ResponderEliminar
  21. ah e realmente acho que é um retrato da fragilidade/força de muitas mulheres - bj

    ResponderEliminar
  22. AC,


    Sinto-me a própria, a Maria (poetisa), de olhos claros, carregaos do azul do céu, do mar, da palavra... (rsrs)


    Teus poemas sempre transbordam poesia, sensibilidade!


    Um abraço, Marluce

    ResponderEliminar
  23. Então que bom que fizeste essa reedição, assim pude conferir mais um dos teus belíssimos dizeres.

    Acho que cada uma de nós tem cá um pouco dessa tua Maria.

    Beijos, querido.

    ResponderEliminar
  24. Olá AC,
    Passei por aqui...girei em torno do poema e foi como se de repente me tivesse visto ao espelho!
    Confusa...até as montanhas me pareciam familiares...mas de novo os reflexos nas sombras...me lembraram que afinal não sou poetisa!
    Bem dita a musa que assim o inspira o poeta!

    Bjs dos Alpes

    ResponderEliminar
  25. Maravilhoso conto-poema! Palavras profundas, verdeiras e emocionantes... Amei!!! Receba meu abraço, meu carinho... Bjsss

    ResponderEliminar
  26. Em cada letra a poesia do olhar!!!

    Deliciosamente lindo!!

    beijos

    ResponderEliminar
  27. Quisera possuir tal força... Muito bom ter lido teu texto!

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  28. O sabor do poema, na alma da mulher.
    Poesia...
    Preenchia começos, olhares, quereres.
    Mas o que se abraçava ali era a ginga poética.
    Com certeza linda, por ter como base as mãos daquele que formas lhe deram.
    Olhar os acontecimentos com vinquinho de riso, no rosto é bom d+.
    Lúbrico não se destaca por desejos, mas pela nudez das palavras.
    Amei teu diálogo AC.
    Abrangeu virou marco.

    Beijinho meu amigo querido.
    Fernanda.

    ResponderEliminar
  29. Tu sabe querida amiga, que esse foi um dos meus momentos... É assim mesmo, depois ficamos forte, forte!)
    Adorei encontrar essa escrita, me fortaleço mais ainda quando me encontro.
    Lindo demais, amei!!!

    Pra ti, um grande beijo!

    ResponderEliminar
  30. Desculpa!!!
    É 'queridO amigO'
    QueridO... Mil desculpas!

    ResponderEliminar
  31. De longe, grito: Lindoooo! É bom sonhar em letras assim! Um bom dia.

    ResponderEliminar
  32. AC
    A imagem é linda e um texto que transmite uma sensabilidade extraordinária... Lindo.

    Abraço

    ResponderEliminar
  33. Ola meu amigo, quanto tempo sem vir aqui. Tudo continua muito apaixonante. Esse texto é apaixonante.

    BeijooO*

    ResponderEliminar
  34. A poesia deve ser
    o bálsamo
    para que ao lê-la
    a emoção nos baste
    e o sentimento
    cresça em nós
    como uma flor de lis...
    Assim é o seu trabalho poético...parabéns!

    ResponderEliminar
  35. Belissimo, desejos, sentimentos, sonhos,,,uma mistura de paz...abraços de bom dia pra ti amigo.

    ResponderEliminar
  36. Imagem perfeita de uma Poetisa: nos sentimentos, nas emoções, nos caminhos escolhidos, na solidão que é sua bandeira e na entrega total das palavras... Um texto demasido bonito...
    Beijo carinhoso
    Graça

    ResponderEliminar
  37. .

    . das veredas da memória o exemplo de um caminho, em linha recta, objectiva.mente .

    .

    . porque subjectiva é a metáfora tatuada neste belo texto . a ser pre.texto para uma ascese particular .

    .

    . um abraço .

    .

    ResponderEliminar
  38. A intuição na forma de uma alma em clara exaltação. Como é difícil acreditar em algo que vem de dentro, que nos sopra caminhos tão distantes, surreais, mas verdadeiros. E de longe vemos tantos outro para trás ... atemporalmente para trás, até que suas almas consigam convencer suas carnes! Sempre fantástica sua viagem rumo a sabedoria! Beijo AC

    ResponderEliminar
  39. Gostei deste retrato da poetisa: "Maria dos olhos claros, poesia em movimento, o respirar como destino"
    Beijos.

    ResponderEliminar
  40. Parabéns, palavras transcritas com todo sentimentos, e a imagem venho complementar o texto.
    Beijos, ótima quarta-feira a vc

    ResponderEliminar
  41. Olá AC!
    Obrigada pela visita e comentário!
    Bjs!

    ResponderEliminar
  42. É caminhando que se encontra forças, sem vacilo nas armadilhas do caminho.
    É compreender o que se vai no coração de si mesmo e dos outros em desalinhos.
    O importante é seguir, consciente do que faz, sem temer pedras jogadas, prosseguindo além mar...
    A cada um é dado a capacidade do discernimento, sem se importar, quando as aparências engam tanto.
    O tempo é o nosso maior aliado, nos assegurando a travessia, incentivando a não desanimar...
    Assim nosso irmão maior deixou exemplos, na humildade do que sentia, na seguridade de seus movimentos. Orando pelos que lhes perceguiam e a eles compreendendo.

    Lindo, profundo e verdadeiro texto.
    Eis aí a cara do mundo, da lida apontando o preço e dando os créditos, para no comungar, ser por Deus eleito...

    Uma linda semana pra ti

    Bjs

    Livinha

    ResponderEliminar
  43. AC ,
    tem a capacidade de ler almas ?
    Até doi !

    Muito belo .

    Um beijo,
    Maria

    ResponderEliminar
  44. Maria dos olhos claros, poesia em movimento, o respirar como destino.
    Que bela poesia
    Que seja feliz com a tua Maria

    com carinho MOnica

    ResponderEliminar
  45. Bem que é preciso muita força e determinação para que se trilhe um caminho que nos desvie dos outros. Mas, o calor de uma mão aberta, um olhar de mil palavras, parece-me ajudar muito.
    Bem que a Maria pode poetar! :))

    Beijos
    MariaIvone

    ResponderEliminar
  46. AC ,


    Te relendo .
    Hoje , agora , esse me encantou ...
    "Aquele era o seu rumo, a construção do seu sonho, e estava disposta a tudo para o continuar a trilhar."



    BjO!
    :)

    ResponderEliminar
  47. Quando se tem a poesia, "o respirar como destino", nada é mais importante do que expressar~se livremente. Costumo dizer que poesia é d'eus e, assim sendo, há muitos a quem satisfazer antes do inevitável "reverso" de olhares. Muito lindo o teu "Poetisa".

    bjs e inté!

    ResponderEliminar
  48. AC

    gostei deste Poetisa...de várias maneiras me "tocou"...e também é Maria e tb tem olhos claros.

    um beij

    ResponderEliminar
  49. Sempre poético, com ternura e desdobramentos.
    As marias tão cantadas por poetas faz -nos "respirar como destino"
    Luminoso seu coração! parabéns
    abraços, os meus!

    ResponderEliminar
  50. Novamente, a escolha do caminho mais estreito, daquele mais difícil de percorrer. Simultaneamente, o mais curto para o encontro mais necessário: aquele que temos marcado connosco próprios.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  51. Adorei o texto e teu cantinho também! Seguindo-te =*

    Obrigada pela visita =)

    bjos no coração

    ResponderEliminar
  52. as escolhas, quantas vezes ao escolhermos sabemos que vamos perder algo, no entanto quando algo acaba é porque algo recomeçará
    beijinhos

    ResponderEliminar
  53. TUDO TEM UM PREÇO...UMA MARIA DIFERENTE DAS OUTRAS....UMA OVELHA FORA DO REBANHO...NEM TODOS QUEREM TRILHAR O MESMO CAMINHO...MAS A ORIGINALIDADE ISOLA... O SABOR DA VITÓRIA E DAS POUCAS PESSOAS QUE RECONHECEM O TALENTO,A CRIATIVIDADE E A GRANDEZA DA MARIA VALEM OURO.

    O MODELITO ? ...É SEGREDOOOOOOOO...:)

    BEIJOCAS:)

    ResponderEliminar
  54. AC,

    Pensei em mim mesma lendo teu poema. Meu número!
    Queria agradecer tuas palavras, dizendo para eu aparecer de tempos em tempos... Pensei na questão e percebi que escrever no CONTOS DE LILY não me esgota, não mexe com minhas vísceras. A LILY escreve leve e solta. Então, decidi voltar. Só não voltarei a escrever no O MEDO DE SUZANA, deixo esse Blog para 2011.

    "As cumplicidades, ainda que poucas, foram reforçando o alento. O calor da mão aberta, um olhar de mil palavras, um mergulho em águas claras..."
    Isso ajuda e muito a caminharmos!

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  55. Um texto extraordinário!" Maria dos olhos claros, poesia em movimento" Sensível, delicado, suave!
    Adorei
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  56. A mesma estrutura de Devaneis e Destinos Paralelos,o que evidencia um estilo bem definido, como marca do autor de Interioridades.
    Este texto é uma alegoria da força da poesia e da sua beleza, uma Maria que é sempre uma redescoberta diária para quem nasceu para a conquistar.
    Beijinho, meu querido amigo.

    ResponderEliminar
  57. Texto carregado de poesia, não dá para separar.
    Beijos

    ResponderEliminar
  58. AC, meu querido,

    Vesti seu poema, o tamanho perfeito!

    A cumplicidade, o alento, o carinho... coisas essênciais.

    Bjs grandes

    ResponderEliminar
  59. AC,

    Simplesmente maravilhosa a tua prosa poética. Adorei, vou guardar com carinho, se me permite, este texto está fantástico. Me vi tanto nele... Você nem imagina o quanto.
    "talvez porque (...) respirasse coragem onde os outros baixavam os olhos. Mas prosseguia o seu caminho (...)"
    Lindo demais isso.
    Uma história sobre força, coragem, determinação e sobre a solidão de ser incompreendido pela grande massa acéfala. Maria, que espelho...

    Beijos

    Carla

    ResponderEliminar
  60. Obrigada pela visita e pelo carinho deixado no meu espaço.
    Demorei um pouco para retribuir, pois estava fora da blogosfera por uns dias.

    Muito lindo e inspirador o seu blog.
    Poemas para serem lidos, relidos e levados no coração.
    Parabéns!

    Abraço grande

    Cid@

    ResponderEliminar
  61. Lindo. Acma de td verdadeiro.
    Por vezes me vejo assim. Qdo impomos a verdade, as pessoas parecem não gostar, ou preferem fingir nao enxergar pra nao ter que lutar, brigar e realizar suas conquistas.

    A verdade. Sempre!

    Bjsss

    ResponderEliminar
  62. Muito bom :D,PARABÉNS poeta!

    Bjos de luz!;*

    ResponderEliminar
  63. AC!!!
    Vim ler as novidades
    e dizer que gosto muito de você!!!
    Trouxe comigo...
    DESEJOS
    Desejo a você...
    Fruto do mato
    Cheiro de jardim
    Namoro no portão
    Domingo sem chuva
    Segunda sem mau humor
    Sábado com seu amor
    Filme do Carlitos
    Chope com amigos
    Crônica de Rubem Braga
    Viver sem inimigos
    Filme antigo na TV
    Ter uma pessoa especial
    E que ela goste de você
    Música de Tom com letra de Chico
    Frango caipira em pensão do interior
    Ouvir uma palavra amável
    Ter uma surpresa agradável
    Ver a Banda passar
    Noite de lua cheia
    Rever uma velha amizade
    Ter fé em Deus
    Não ter que ouvir a palavra não
    Nem nunca, nem jamais e adeus.
    Rir como criança
    Ouvir canto de passarinho.
    Sarar de resfriado
    Escrever um poema de Amor
    Que nunca será rasgado
    Formar um par ideal
    Tomar banho de cachoeira
    Pegar um bronzeado legal
    Aprender um nova canção
    Esperar alguém na estação
    Queijo com goiabada
    Pôr-do-Sol na roça
    Uma festa
    Um violão
    Uma seresta
    Recordar um amor antigo
    Ter um ombro sempre amigo
    Bater palmas de alegria
    Uma tarde amena
    Calçar um velho chinelo
    Sentar numa velha poltrona
    Tocar violão para alguém
    Ouvir a chuva no telhado
    Vinho branco
    Bolero de Ravel
    E muito carinho meu.
    ________________________
    Carlos Drummond de Andrade
    ________________________
    Beijocas, muitas!!!
    Sônia Silvino's Blogs
    Vários temas & um só coração!

    ResponderEliminar
  64. Interessante a análise da Ibel.
    :)

    ResponderEliminar
  65. AC, que alegria visitar e ser visitada por vc.

    Olha entendi que não queria participar do sorteio, por ser perfume, coisa de mulherzinha (risos). espero ter entendido corretamente!
    Obrigada pela gentileza da visita, msm assim!

    Bjs

    ResponderEliminar
  66. Um belissimo dia pra ti amigo...abraços.

    ResponderEliminar
  67. Divinas suas palavras como sempre... a sensibilidade aflora em seus versos amigo...beijos...
    Valéria

    ResponderEliminar
  68. 'Respirar como destino'... lindo, isto.

    às vezes é preciso ir além, não?
    Entendo a Maria dos olhos claros.

    beijos

    ResponderEliminar
  69. Que lindo texto!! Parece até que foi escrito para mim...
    "Maria dos olhos claros, poesia em movimento, o respirar como destino."

    "Sentia que quanto mais avançava mais se afastava dos outros, mas tinha a plena convicção, vinda do mais fundo de si mesma, de que era aquele o caminho. Gostava deles, mas tinha que se afastar. Talvez um dia compreendessem. Ou talvez não. Aquele era o seu rumo, a construção do seu sonho, e estava disposta a tudo para o continuar a trilhar."

    É o que quero para minha vida seguir um rumo diferente, seguir meus sonhos sempre trilhando para o melhor, sem ter medo do novo!

    ResponderEliminar
  70. Oiê,

    Devemos trilhar nosso caminho... Sempre semeando poesias!!!
    Muito lindo,

    Abraços :)

    ResponderEliminar
  71. O que mais gosto nos seus textos é que, embora sucintos, cada um deles permite que o leitor crie um sem-fim de imagens, de histórias (todas belíssimas.

    ResponderEliminar
  72. AC,


    Passei só pra deixar BjO de Boa Noite ...

    :)

    ResponderEliminar
  73. Tão próximo! lindo, sua inspiração é divina.
    bjs. boa noite.

    ResponderEliminar
  74. Olá!
    Como ser forte sem ser frágil!
    Bjs
    Ser Estranho Ser!

    ResponderEliminar
  75. AC

    Qualquer poeta se revê aqui. Pela determinação, pela sensibilidade, pela absoluta necessidade de sentir a solidão para colher as palavras certas e encontrar o caminho...

    Para além de ser muito bonito e muito bem escrito, este teu texto é um verdadeiro alento, para quem pensa estar só no que sente.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  76. AC, passei para renovar os beijosssssssss

    ResponderEliminar
  77. Fiquei sem palavras, AC! Vou ler de novo e regressarei mais tarde! : )

    ResponderEliminar
  78. Um belissimo final de semana pra ti amigo...abraços.

    ResponderEliminar
  79. Absolutamente lindo.
    "semeando poesia em réstias de luz", que essa luz ilumine também o seu caminho, hoje e sempre, meu amigo poeta.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  80. Cheguei menino.
    Vim te deixar um beijo!

    Fernanda.

    ResponderEliminar
  81. Parece que não fui só eu que me identifiquei com sua escrita. "Sentia que quanto mais avançava mais se afastava dos outros, mas tinha a plena convicção, vinda do mais fundo de si mesma, de que era aquele o caminho."

    O que mais pode ser, senão a verdade de quem busca o caminho da luz?

    =)

    ResponderEliminar
  82. É sempre um misto de prazer pelo que nos provoca e deleite pela pureza, leveza e perfeita construção das palavras usadas para descrever com beleza teus pensamentos . Puxa! Sinto-me sempre enlevada .
    Obrigada pelo carinho.

    ResponderEliminar
  83. Parece-me que conheço a menina

    de qualquer lado... (rs)

    Saudações poéticas

    ResponderEliminar
  84. a vida é uma eterna perda e ganho...será esse o mistério da existência?

    ResponderEliminar
  85. Sempre ouvi dizer que poeta(escritor) é uma ilha e muitas vezes se afasta para expressar todo o seu sentimento. Belo texto, carissimo.
    bjs

    ResponderEliminar
  86. Você escreve olhando para uma bola de cristal??? :)
    bjs

    ResponderEliminar
  87. Timidamente ousei sentir retratada... mas nem tanto.

    Bonito retrato!

    Bjos

    ResponderEliminar
  88. Olá, AC!

    Deixar para trás amizades e amigos, e partir sozinho, é decisão difícil, mas mais difícil será renunciar a seguir o nosso caminho.

    Um abraço; bom fim de semana.
    Vitor

    ResponderEliminar
  89. quando seguimos nosso coração..nossa alma dança

    Seja bem vindo ao Cítrico AC!

    obrigada pelo carinho :D

    estou encantada..perdida por aqui...não encontro o caminho de volta..talvez não queira.

    beijos cintilantes

    ResponderEliminar
  90. Amigoooo!...
    ... voltei...
    ... (bi)voltei...
    ... (tri)voltei.........

    ....oh moço, não é que, por mais que eu volte e (re)volte, leia e (re)leia... é sempre como quem se vê ao espelho....!!!?

    Amei essa prosa, amei de verdade.
    Também amei teu carinho no meu "nua".
    Obrigada Amigo.
    Te gosto!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  91. Obrigada pelo carinho! Vim retribuir a visita e fiquei ecantada com a poesia. Linda! Parabens pelo GRANDE dom! Estarei por aqui, sempre. Bjs de luz :)

    ResponderEliminar
  92. Amanha é meu aniversário
    com carinho MOnica

    ResponderEliminar
  93. Adorei seu Blog!!
    Lindas palavras, não dá vontade de parar de ler. Parabéns!
    Estou te seguindo.

    ResponderEliminar
  94. AC,


    Te relendo deixo BjO de Boa Noite !


    :)

    ResponderEliminar
  95. Maria dos olhos claros
    Maria
    Mariasssssssssssssssssssssssss!!!

    Eu amo__MARIA!!!

    Eu tenho uma MARIA___Filha

    bjs Amigo

    ___101 comentários???

    ResponderEliminar
  96. Nossa que lindo, que paz , quantos segredos nas entelinhas.
    estou encantada com seu trabalho, um prazer!!!
    espero retribuir com o mesmo carinho no nosso blog,
    bjs
    Lulu & Sol

    ResponderEliminar
  97. Como ela, tento afastar-me também, mas será que consigo?
    Bjs,
    Madalena

    ResponderEliminar
  98. Vou mudar meu nome para Maria dos olhos claros...Lindíssimo texto...amei
    abraços

    ResponderEliminar
  99. AC,
    O link é este e desejo que use de uma forma bela a tela pretendida! :)

    http://www.margaridacepeda.com/index_pt.html
    Abraço.

    ResponderEliminar
  100. AC!

    Lindo demais!

    Na minha casa todas as meninas sao Marias,só faltou eu,nao sei expicar porque!rs
    E mesmo assim eu amo as Marias!

    Aqui me mergulho em poesias!

    Beijao!

    ResponderEliminar
  101. Querido AC...

    Às vezes temos mesmo de seguir o nosso verdadeiro caminho, para muitos incompreensível, mas que para nós é um alicerce da nossa missão. A poesia é o alento que nos move, palavras, como sementes que farão florescer a esperança nas veredas incrédulas da existência.
    É bom quando encontramos almas afins que nos dão a mão, nos ajudam a caminhar e a tornar o nosso destino mais suave e perfumado.

    Um beijinho em brisas de ternura*

    Princesa do Mar

    ResponderEliminar
  102. Oi AC...vc é um pessoa muito generosa....

    tem um carinho pra vc no meu cantinho,está abaixo dos posts....(não tem que seguir regras)

    bjos!!!!!!

    Zil

    ResponderEliminar