quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

ESBOÇO DE ETERNIDADE

.Margarida Cepêda, As núpcias
.
.
.
Chegava de mansinho quando, à tardinha, te sentavas no banco que ficava junto da grande tília, e as palavras do poema eram passaporte para o enlevo. Enquanto lias, envolvia-me no aroma das flores e insinuava-me, de leve, na subtileza do teu corpo. Sentias a carícia, a intensidade do desejo, e deixavas que o doce perfume invadisse todos os teus recantos.
Embalados no sentir um do outro, só parávamos quando nos era dada a visão da eternidade, ainda que momentânea.
Lá fora o cavalgar do tempo fazia-se longe, muito para lá do horizonte, enquanto dávamos abrigo à ternura...
.
.
.

117 comentários:

  1. AC, querido...

    É uma preciosidade o teu poetar! Adoro ler-te, amigo!

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  2. A visão da eternidade. Ela só é tida a partir de relações amorosas, senão a visão é de um êxtase fugaz, embora colorido. Boa a eternidade,não?
    beijo, querido.

    ResponderEliminar
  3. Essa envolvente entrega nos deixa aberto aos sentidos e aos sentimentos....
    O tempo para....

    abraços

    ResponderEliminar
  4. Muito linda suas palavras, senti cada uma como uma brisa.
    Beijos
    Denise

    ResponderEliminar
  5. A eternidade alheada do tempo que passa.

    ResponderEliminar
  6. Gosto de vir aqui e ler o que escreve.
    Faz muito bem a alma ler você.

    ResponderEliminar
  7. A entrega compassada, calma e envolvente.
    A suavidade das palavras remete à suavidade do encontro.
    Um bj querido amigo.

    ResponderEliminar
  8. Insinuar-se é tão bom...beijos em você!

    Bia

    ResponderEliminar
  9. AC,



    E que o tempo espere esses momentos, repeite a ternura quando ele e faz versos!

    Parabéns!


    Um abraço, Marluce

    ResponderEliminar
  10. E é tão bom receber a ternura nos nossos braços, esquecer o tempo... flutuar na magia perfumada de uma entrega sem barreiras...

    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  11. delicioso de ler AC..
    ternura e sensualidade na medida..
    beijo carinhoso no coração.

    ResponderEliminar
  12. Amigo, que delícia de poema! Lindo e envolvente! Hummm... Deixo carinhos pra ti... Bjsss

    ResponderEliminar
  13. .

    Dar-se à entrega total... além do tempo.

    Eternemante... eternamente...


    Sempre envolvente.

    Beijos

    .
    .

    ResponderEliminar
  14. O tempo e a entrega...Lindo! abraços,chica

    ResponderEliminar
  15. Ac, lindo texto..só ternura! Palavra linda. Lembra harmonia, empatia, afeto...
    Lá na minha Casa há um Selo para enfeitar sua casa. Espero que aceite meu mimo que partilho com você com todo meu amor e carinho,
    Sílvia
    http://www.silviacostardi.com/

    ResponderEliminar
  16. Êxtase!

    O que me faz feliz, é sentir que os tantos sentimentos mergulham e aprofundam-se nos recônditos de cada interior e dividem-se nos encantos, nas belezas que por lá se encontram, auxiliando-nos os desembaraços entre si.
    Isto é música!♫

    Bjs

    Livinha

    ResponderEliminar
  17. perder-se na eternidade do agora é sublime

    beijos cintilantes

    ResponderEliminar
  18. Subtil, romântico e intenso, num apelo aos sentidos - "doce perfumes", "carícia das flores"...

    A "pele" do poema respira ternura.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  19. A ternura diante da visão do que permanece lá dentro, sublime. Bela prosa, beijos!

    ResponderEliminar
  20. Não lhe chamaria romantismo...apenas a afirmaçaõ de algo tão sublime, tão belo como o amor.

    Cada post teu é uma paragem no tempo.

    bj

    ResponderEliminar
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  22. Muito lindo.
    Essa seria o tipo de viagem que meu corpo aprovaria nesse momento,impossível ñ ser tocada por tanta belezura.
    Parabéns meu querido.
    Um beijo grande.

    ResponderEliminar
  23. Belíssimo texto poético e romântico, completo, perfeito.
    Realmente só o momento mais alto da relação amorosa nos dá a visão da eternidade, eu costumo mesmo dizer que é o momento em que vemos a face de Deus, porque acredito que é um momento abençoado por Ele, um momento de criação.
    Este texto traduz maravilhosamente bem o amor, porque é de amor que se trata, que não é só físico, mas fruto de uma cumplicidade perfeita.
    E não sei explicar mais porque os mistérios não se explicam.

    ResponderEliminar
  24. Perdão, cliquei antes de enviar Beijinhos.
    Eles aí vão.
    Branca

    ResponderEliminar
  25. O Amor é talvez o único vislumbre de infinito e só Ele faz as palavras eternas.

    ResponderEliminar
  26. conseguiste eternizar um sublime momento em palavras, não é tarefa fácil...
    as palavras do poema eram passaporte para o enlevo...
    Lindo demais!
    Beijos

    ResponderEliminar
  27. Agostinho,
    Mais um belo texto de amor, de ternura e de sentimento interior.
    Escreves como gente grande.
    Um abraço.
    Caldeira

    ResponderEliminar
  28. E é quando a poesia das palavras se confunde e materializa na poesia da própria vida.

    Um abraço e um agradecimento sincero pela presença sempre atenta e delicada.

    ResponderEliminar
  29. Um momento lindo repleto de sentimento
    obrigado pela partilha,
    jinhos
    T!na

    ResponderEliminar
  30. Ola querido amigo!

    Hoje vim aqui apenas para lhe ver e me desculpar pela ausencia!Seus textos sao lindos e cheios de emoçao mas no momento ainda nao tenho forças suficientes para comentar a altura de cada um deles.

    Quero agradecer pelas palavras de conforto deixadas no meu cantinho e dizer que tudo foi feito como Deus quis!
    Sei que essa dor vai logo passar e aí estarei aqui mais vezes com vc!

    Beijos com carinho!

    ResponderEliminar
  31. AC
    É lindo!! não é meu hábito comentar poemas, mas ao ler faz-me sentir uma sensação de bem estar.

    Beijo

    ResponderEliminar
  32. Alguns momentos merecem virar cristal. Eu faço isso com os meus especiais. =)

    Um beijo.

    ℓυηα

    ResponderEliminar
  33. o tempo nesses momentos é nada!

    :)

    Amei teu texto.

    Beijos

    ResponderEliminar
  34. Adoro tudo por aqui =)
    Parabéns pelos textos!
    Beijo Grande.

    ResponderEliminar
  35. Leve e lindo!!!
    Adoro passar por aqui.
    Bjo

    ResponderEliminar
  36. AC,


    Tem perfume nos versos ...
    Sempre bom te ler.

    BjO.

    :)

    ResponderEliminar
  37. ...e que momento maravilhoso e você conseguiu transmitir a ternura desse encontro.
    Beijosss AC.

    ResponderEliminar
  38. momentos eternos que vivem para sempre na lembrança...lindo! um abraço

    ResponderEliminar
  39. Olá poeta,

    o amor e a paixão em delicadas e lindas palavras poéticas... Receba meu carinho e admiração. Um abraço.

    ResponderEliminar
  40. E Que Outra Eternidade Senão a Momentânea...?

    Lindo Demais !

    Abraço-te !

    ResponderEliminar
  41. O Amor na sua plenitude e singeleza revestida de ternura..O nirvana que remete à Eternidade!Belo ensaio poético, AC. Abraços e grata pela visita e comentários tocantes.

    ResponderEliminar
  42. O teu olhar sobre as coisas do amor, hora com intensidade, ora com uma ternura comovente, é maravilhoso.

    Beijos, querido poeta.

    ResponderEliminar
  43. Querido poeta,

    isso é amor!!

    Estou aqui, envolvida nas palavras que têm aroma de sentimentos...

    Perfeito!!

    Beijos

    ResponderEliminar
  44. Que essa eternidade seja dos versos, do desejo e desse amor pulsando no coração..abraços de bom dia pra ti amigo.

    ResponderEliminar
  45. Penso que ternura é sinonimo de amor
    com carinho MOnica

    ResponderEliminar
  46. Oi, amigo...
    Li e gostei... lindo, romântico, sensual...
    Beijinhos.
    Brasil ♥

    ResponderEliminar
  47. Assim desse jeito dá muito gosto em ser Eva :)
    Tão bonito e tão inspirado post, duas forças indiscutíveis reunidas: sexo e ternura.
    beijos

    ResponderEliminar
  48. Não sei o que é mais forte, se é a imagem ou as palavras, o que sei é que esta prosa fez da sensualidade uma virtude.
    Obrigada pela visita.
    (post novo), beijos.

    ResponderEliminar
  49. Momentos partilhados com tal ternura que fazem esquecer tudo....
    Adorei....
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  50. AC
    Seu poema fez minha memória com asas, perpetrate un ritorno di un tempo em que eu acreditei...
    “Embalados no sentir um do outro, só parávamos quando nos era dada a visão da eternidade, ainda que momentânea”

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  51. Olá!
    Por vários caminhos andei quando li teus escritos, pra mim veio forte o romantismo que há entre o livro e seu amante...

    Adorei!

    Isso me encanta, poder caminhar nas palavras e achar caminhos que nos faça refletir...

    Bjs

    Mila

    Agradecida pela visita!

    ResponderEliminar
  52. Há carinhos que excedem ao toque físico, creio ser estes os mais intensos...

    ResponderEliminar
  53. Não há o que dizer .Simplemsmente, maravilhoso!
    bjs.

    ResponderEliminar
  54. A ternura, a poesia e o aroma das flores: doce melodia!
    :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  55. 'A visão da eternidade, ainda que momentânea'.

    Como você consegue escrever tão bem? Lindo como sempre.


    beijos

    ResponderEliminar
  56. Tem presentinho para vc lá no blog...

    bjuss

    http://www.daniellesou.blogspot.com

    ResponderEliminar
  57. Olá AC!

    Uma coisa conduz a outra, e aqui a poesia serviu para conduzir ao sítio certo...

    um abraço.
    Vitor

    ResponderEliminar
  58. sortuda, a tília...

    belo o esboço, AC,

    imagine quando o desenho estiver pronto!

    um beijo

    manuela

    ResponderEliminar
  59. Olá!..Obrigado pelo carinho
    Meu blog existe somente por conta
    de amigos assim igual a você....
    De coração muito, muito agradecida....
    Tenhas uma noite regada de muito amor
    Abraços com muita ternura
    Preciosa Maria

    ResponderEliminar
  60. Em poucas palavras, vc disse muito do amor. Carinhosamente Óleo.

    ResponderEliminar
  61. Que romântico! : )

    E muito tenho eu que descer para chegar à caixa dos comentários!!!!

    ResponderEliminar
  62. Muito lindo e duradouro enquanto durou.

    BeijooO*

    ResponderEliminar
  63. Um bellissimo final de semana pra ti amigo,,,abraços de paz sempre....

    ResponderEliminar
  64. Agradavél leitura, que me ofereceu carissimo é sempre bom estar lendo suas palavras.
    bjs.
    Tenha um lindo final de semana.

    ResponderEliminar
  65. lá nesse lugar longe do horizonte é onde vou todas as vezes que ele me toma em seus braços...

    beijo!

    ResponderEliminar
  66. Muito lindo, AC!!!

    Nossa, você descreveu o encontro de duas almas e não apenas de dois corpos... Encontro raro... Esse é o tipo de enlace que dura toda a eternidade...

    Ah, sim, sobre o seu comentário... Eu pareci empolgada com aquela música, foi? (risos) É verdade, surge um entusiasmo quando o assunto da canção é o amor (pelo menos para mim).

    Bju!

    ResponderEliminar
  67. Simplesmente maravilhoso!
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  68. A aparência fugaz de um momento assim é mero disfarce.
    Nesse ritual não ensaiado, mas tão natural como caminhar, desenha-se uma cumplicidade digna de desafiar as barreiras da memória e da lembrança...

    ResponderEliminar
  69. O amor, sob todas as formas é das coisas mais belas que o ser humano tem a oportunidade de conhecer...Pena que, nem sempre lhe dê o devido valor e não o viva em toda a sua magnitude.
    Abraço

    ResponderEliminar
  70. AC,


    Te relendo com ternura ... :)


    Bjo.

    ResponderEliminar
  71. Por falar em "ternura"... que prosa mais poética, amigo! Que delicada sensualidade nas palavras, nas imagens, na expressão dos sentimentos! Belo!
    Abraço, meu amigo, com admiração!

    ResponderEliminar
  72. ESSA VISÃO DE ETERNIDADE É DIVINAL!!!UM TEXTO COM UM CONTEÚDO SUBLIME!!!

    GOSTEI MUITO DA TUA DISSERTAÇÃO NO SEI LÁ...A ARTE É UM CAMINHO SEMPRE ABERTO,SEM FRONTEIRAS,É UM PASSAPORTE PARA A ETERNIDADE...:)

    BEIJO:)

    ResponderEliminar
  73. Olá!
    Gostei da sua postagem. É a primeira vez que cá venho, vou seguir o seu blogue. Siga os meus também!

    www.congulolundo.blogspot.com
    www.queriaserselvagem.blogspot.com
    www.minhaalmaempoemas.blogspot.com
    www.angolaeseusfilhos.blogspot.com
    www.inforvideo.blogspot.com

    Um abração

    ResponderEliminar
  74. AC, meu amigo tão querido,

    Amor delicado, qual a tinta que sai, sempre, das tuas mãos.
    Gosto de colher a poesia que derramas nesse chão.

    Lindo fim de semana pra ti,
    Bjão

    ResponderEliminar
  75. Há de ter ternura no amor, senão, não será amor.

    Suzana/LILY

    ResponderEliminar
  76. Agostinho

    Acho que estes pequenos textos são demasiadamente bons para ficarem apenas nas prateleiras virtuais. Sinceramente, tem material de sobra para fazer uma antologia poética, cujo nome seria" Interioridades". Pense nisso a sério. Ha uma grande coerência ideológica nestes discursos líricos e isso é que é essencial para a feitura de um livro.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  77. AC, gosto da tua visita ao meu blog, gosto do seu blog. Excelente leitura. Bj

    ResponderEliminar
  78. Olá! Querido, tem 2 selos muito merecidos para você lá no Molhe-se, passa lá. Beeejo,beeejo. :)

    ResponderEliminar
  79. Rsrsrs
    Não tinha dito não. Obrigada. :)
    Beejo.

    ResponderEliminar
  80. Ler suas palavras é como tocar em um sonho!

    ResponderEliminar
  81. Oi AC!!!

    Presente quem me deu foi vc, com esse post tão enebriante, cheio de entrega e sentimento mais o comentario franco e motivador no meu blog!
    O É Legal e Poético tem crescido aos passinhos, e amigos como vc é que tem me ajudado a elabora-lo de forma realmente alicerçada.

    Um beijo grande!

    ResponderEliminar
  82. Querida tem um selinho no meu blog para dar a você. Passe lá. Ficarei feliz se aceitar.
    Bjs!

    ResponderEliminar
  83. A eternidade só é conseguida quando há a entrega total. Bonito texto.
    Beijo
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  84. O sentir aqui torna-se mais sentido, a entrega é mais total e o amor é mais profundo. Cada palavra soa como a brisa leve que acaricia...
    Belo poema, AC!
    Ótimo final de semana, beijinhos em seu coração!

    ResponderEliminar
  85. Um bellissimo sabado pra ti amigo,,,abraços fraternos.

    ResponderEliminar
  86. Amar com a beleza das flores.
    Abraço!

    ResponderEliminar
  87. AC ,
    saboroso ... quando se dá abrigo á ternura , tendo visão da eternidade .

    Beijo ,
    Maria

    ResponderEliminar
  88. Accccccccccc que saudades dos teus textos... esse então imagem+texto=perfeito! Envolvente, sensual... adorei! bjssssss

    ResponderEliminar
  89. Que delícica de texto! Sensual, romântico...
    Seus textos são maravilhosos...

    Beijos....

    ResponderEliminar
  90. No amor existe essa ternura esse enlevo a que as tuas palavras nos transportam
    beijinhos

    ResponderEliminar
  91. Que segredos encerraria a grande tília...
    Bjs, bom sábado!
    Madalena

    ResponderEliminar
  92. AC!!!!!!!!!!!
    Que delícia: a visão da eternidade, por um momento que seja, no outro, no ser amado, comungada???
    Seu poetar é ouro!!!
    Muitos beijos!

    ResponderEliminar
  93. AC, adorei sua visita, volte sempre para trazer paz, luz para Humor, este espaço que é nosso. Deixei um selo para vc na data de 11/12.
    Abraços e Tenha um Ótimo final de Semana.

    ResponderEliminar
  94. Ah, o doce gosto que temos em nossas mão almáticas, da eternidade, mesmo que efêmeros sejamos...
    Amei o blog, passo a segui-lo!

    ResponderEliminar
  95. GOSTEI MUITO DA BRINCADEIRA EM FORMA DE TROCADILHO, RESULTOU MUITO BEM...FOSTE ORIGINAL E CRIATIVO!!!

    BEIJO :)

    ResponderEliminar
  96. grato por me dares a conhecer o teu blog. arece-me bem interessante.

    passarei a ferquentar, se me permites.

    abraço

    ResponderEliminar
  97. Uma atmosfera sensual e vital a desafiar dias frios de Outono.

    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  98. FOI UMA MALDADE INOFENSIVA E CURIOSA...:)

    BEIJO:)

    ResponderEliminar
  99. Sensual, envolvente, o amor e a paixão destilados em palavras. Belo texto!
    Bjs

    ResponderEliminar
  100. O texto tem o lirismo que é peculiar a tudo que você escreve e...muitíssimo bem

    Quanto à eternidade sempre será só um esboço...acho que, felizmente.Aceitá-la na alegria seria tê-la na amargura.

    beijos, querido. Boa noite!

    ResponderEliminar
  101. gostei, gosto, gostarei ..de passar por aqui......

    ResponderEliminar
  102. A percepção sensorial é a linguagem mais intensa do amor!

    Um beijo!

    ResponderEliminar
  103. Também posso chamar-te de Agostinho!?
    A gente vai conversando todos os dias, até mesmo quando nem parece, e há uma cumplicidade que nasce e que cresce inconscientemente. E então às vezes parece até que já somos quase "íntimos" (força de expressão mas... sentida, mas no sentido mais puro da palavra, sei que sabes e acreditas). Sempre precisei chamar as pessoas pelo nome, para senti-las melhor. Adoro as pessoas, tu também sabes. Assim sendo, até que me digas um redondo NÃO...:
    Agostinho, eu não sou uma intelectual e quando te leio não consigo fazê-lo com outros olhos que não sejam os do coração, por isso, sinto que à parte todo o valor lírico e coerente do discurso, está a alma pendurada do céu com molinhas de gotinhas de mel, que a gente adivinha bem doce e cheia de uma ternura fascinante por alguém real e, para ti, igualmente fascinante.
    Delicio-me em passear o coração pelas tuas prosas e poemas, são doces e tranquilas, leitura óptima para um sereno adormecer. E foi assim mesmo, ontem, ou seja, esta madrugada..., serenamente adormeci na tua página com o lap nos joelhos :)))))))
    Sorrisos, beijos e flores num laço de carinho.

    ResponderEliminar
  104. Olá AC!

    Que poema doce... Ternura é palavra tão sutil... Delícia esse sentir.

    Beijos!
    E vamos confiar na ETERNIDADE!

    ResponderEliminar
  105. Um belissimo domingo e uma excelente semana pra ti amigo...abraços.

    ResponderEliminar
  106. Esta vista especial é que faz nossa vida valer à pena!
    Tu sempre com palavras que marcam muito, não?!

    Deixo-te um beijo especial agradecendo teu carinho. Estive ausente voltei há pouco e estava com saudade!

    ResponderEliminar
  107. Olá AC!
    Também vim espreitar! Fiquei muito surpreendida pela tua escrita e pelo sucesso que tens, devido ao número de comentários.
    Não conhecia o teu blog, mas agora vou ser leitora assidua!

    ResponderEliminar
  108. Adoro seu blog e sua forma sensível de ver o mundo. Bjs

    ResponderEliminar