sábado, 25 de junho de 2011

QUANDO A VONTADE SE INSINUA À TONA D'ÁGUA

.Hélio Cunha, A Porta do Infinito
.
.
.
Quero despir-me destas roupas, desta opressão, sentir de novo a leveza do cavalgar das nuvens.
Houve um tempo em que os aromas me beijavam logo pela manhã, tecidos em leveza e envolvência, e acompanhavam-me em risos despreocupados forjados na arquitectura do coração.
Quero resgatar as memórias, reencontrar algures o tempo perdido.
.
.

76 comentários:

  1. OI AC RECUPERAR O TEMPO PERDIDO NÃO É FÁCIL...
    LINDO FIM DE SEMANA PARA VC!
    BEIJO

    ResponderEliminar
  2. o espelho dissolve
    o tempo

    o espelho aprofunda
    o enigma

    o espelho devora
    a face

    . orides fontela

    mergulhar na beleza dessa imagem
    e de tuas palavras... enigma.

    beijos, ac

    ResponderEliminar
  3. Passo para lhe desejar um BFS e agradecer as suas palavras no Momentos.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  4. AC, não podemos recuperar o tempo perdido, mas podemos compensá-lo e aprender com ele.
    A roupa da opressão também não é fácil de se livrar, pois é camisa de força.

    Magnífico poema!
    Abraços e bom fim de semana para você e família.

    ResponderEliminar
  5. Acredite que gostava de não perceber as palavras que escreveu!

    Como recuperar o tempo perdido? Não se recupera, gere-se dentro da nossa subjectividade. Talvez seja aqui que entra a sabedoria, o conhecimento que, como bem diz, só surge com muito empenho e em nada se relaciona com inspiração.

    Bom fim de semana!

    Bj :)

    ResponderEliminar
  6. O tempo não se perde nunca - nós nos perdemos nele.

    ResponderEliminar
  7. o tempo perdido, não está algures

    coexiste

    é a isso que eu chamo dilatar o tempo


    "quando a vontade se insinua à tona de água" é a sua vontade de mergulhar cavalgar arquitectar resgatar reencontrar contar

    um beijo, AC!

    manuela

    ResponderEliminar
  8. O tempo perdido só pode ser recuperado no resgatar das memórias que os dias teceram...

    Bom fim de semana

    Runa

    ResponderEliminar
  9. Nostalgicamente belas as suas palavras.
    Reencontre memórias e desfrute desse tempo.
    Um grande abraço
    oa.s

    ResponderEliminar
  10. Às vezes Deus nos dá uma segunda chance na vida, e nos sentimos novamente no Paraíso.
    A mesma sensação que eu tinha, quando envolvia em meus braços, meus filhos tão pequeninos e inocentes, hoje a tenho de volta ao envolver a minha netinha, e ao ouvir um terno: - "te amo muito, vovó Cida!")

    Te digo, amigo, me sinto a "cavalgar nas nuvens"!
    :)

    Tenha um lindo e iluminado final de semana.

    Beijos,

    Cid@

    ResponderEliminar
  11. Saudade daqueles tempos e lugares...é uma saudade salvadora...como dizem muitos amigos que também a sentem.

    ResponderEliminar
  12. Esse reencontro faz bem! abraços, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  13. Bom passar por aqui.

    5 bjs

    Cozinha dos Vurdóns

    ResponderEliminar
  14. Nessas águas também mergulho:)

    ResponderEliminar
  15. sempre há um recomeço AC..
    um novo sentido e sentimento..
    beijos perfumados de carinho..

    ResponderEliminar
  16. Já tive medo que certo tempo não voltasse, mas ele voltou! Novamente a leveza se faz presente, só quero vivê-la a cada dia. Carpe Diem! Bjusss

    ResponderEliminar
  17. Vestir-se novamente de natureza, ou melhor, de menino!

    Bela descrição de belo querer.

    Abraços amigo!

    ResponderEliminar
  18. Quer resgatar as memórias?
    reencontrar algures o tempo perdido?
    Ou muito me engano
    ou quando as estátuas acordarem
    terão todas tal desejo...

    ResponderEliminar
  19. o tempo perdido ecoa as nossas costas,


    abraço

    ResponderEliminar
  20. Mesmo com frio e geada prevista admiro um belo poema. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  21. Haverá um novo tempo em que os aromas voltarão a te beijar pela manhã, e tu perceberás que esse tempo vai ser bem melhor do que aquele considerado perdido...

    Sempre bom ler você.
    Beijo!

    ResponderEliminar
  22. AC
    Forte e Belo!!!
    O tempo perdido jamais se recupera, porque não existe tempo perdido, mas sim nós é que se perdemos no tempo, as vivências do passado servem para nos ensinar, não é fácil colocar de lado a roupa da opressão.
    Abraço

    ResponderEliminar
  23. Não podemos recuperar o tempo perdido, mas reinventar-nos, sim....Traçar novos caminhos...Encontrar um novo significado...
    Brilhante como sempre...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  24. AC ,

    reencontrar o tempo perdido , não ... saber aproveitar o que nos resta ...


    Um beijo ,
    Maria

    ResponderEliminar
  25. AC, meu amigo querido, é uma imensa satisfação ler-te. Que texto belíssimo! Identifiquei-me muito com ele.

    Desculpe minha ausência... (ando meio enrolada com a término do meu curso de Letras e, por isso, ando meio sumida. rs)

    Beijo grande!

    ResponderEliminar
  26. Lindos textos tens por aqui. Lindo espaço.
    Agradeço a sua visita em meu canto de aconchego, pois através dela, vim descortinar este novo espaço também aconchegante. Um fraterno abraço. E que seus passos e caminhos, sejam trilhados na luz e na paz, com todos os aromas que lhe alegrem a alma.

    ResponderEliminar
  27. E o prazer é também meu, de ter-lhe no meu cantinho... ali... visita sempre presente, acompanhando-me nas palavras.

    ResponderEliminar
  28. Por vezes, desejamos vestir outra roupagem para esquecer as crateras.
    À brisa fresca!:)
    Bj.

    ResponderEliminar
  29. Peço licença, em fazer as tuas palavras as minhas.
    bjs tenhas um belo final de semana.

    ResponderEliminar
  30. A opressão da burocracia a impedir o aconchego da terra numa prosa que é um gemido.
    Quem é maravilhoso? Quem é?

    Ibel

    ResponderEliminar
  31. A opressão da burocracia a impedir o aconchego da terra numa prosa que é um gemido.
    Quem é maravilhoso? Quem é?

    Ibel

    ResponderEliminar
  32. AC, meu amigo querido!
    E o tempo não volta, apenas sentimos o tênue cheiro das coisas idas, em nossa memória.
    Bj grande e linda semana

    ResponderEliminar
  33. AC meu querido...adorável ler o que dita tão lindamente sua alma...me encanta...
    Boa semana amigo...beijinhos...
    Valéria

    ResponderEliminar
  34. Eu me visto de nuvens tanto para andar leve como as trovoadas, ainda mais quando leio as suas inigualáveis palavras.
    beijo :)

    ResponderEliminar
  35. bom, querer também queria algo tão leve assim. Acho que é sempre tempo, tempo perdido não há. (acho), quer dizer são sempre aprendizados..

    Beijo

    ResponderEliminar
  36. "Cavalgar as nuvens"...
    Faz falta e o tempo perdido deixa-nos os pés tão colados ao chão que urge despir o colete de forças nem que seja por algum tempo [achado].

    Lídia Borges

    (Não consigo comentar de outra forma. O servidor não mo permite, vá-se lá saber porquê.)

    ResponderEliminar
  37. Cavalgar nas nuvens, tocar as estrelas, sorrir com a Lua... Tantas viagens canceladas, tantos sorrisos apagados pela Razão que nos oprime os sentidos da alma... Partilho o teu sentimento, querido AC...

    Beijos azuis*

    ResponderEliminar
  38. Excelente texto, poeta!

    Que a leveza e os aromas das manhãs pousem em seu coração!

    Feliz semana!
    Beijos :)

    ResponderEliminar
  39. Voltar ao riso fresco da infância.
    Aos sonhos capazes de ser vividos.
    À alegria permanente de acreditar que tudo é possível.

    A magia que às vezes esquecemos ao crescer.

    Isabel

    ResponderEliminar
  40. AC
    Contra todas as previsões, o tempo nunca se perde..ao dia de ontem segue-se um hoje e é neste tempo que devemos apostar! O amanhã será apenas uma oferenda dos Deuses para quem viveu o ontem de forma plena e o hoje com sabedoria! Sabendo buscar os ensinamentos e as glórias de outrora para continuar "prendendo" o tempo a seu bel prazer...:)
    Um abraço

    ResponderEliminar
  41. AC, há coisas que são intemporais. habitam-nos sem tempo marcado, como relógio sem ponteiros [como as memórias]. as máscaras não compensam, são espinhos que dilaceram e não deixam sentir o aroma das flores. e por falar em aromas, gostei daquele que deixaste ao passar lá, pela tarde.
    este teu poema nú, está magnifico.
    beijinho.

    ResponderEliminar
  42. Oi AC...

    comovente seu texto....me faz pensar naquela "tal liberdade" que vamos perdendo ao longo do tempo...


    deixo meu carinho e minha admiração....

    Zil

    ResponderEliminar
  43. Tenho certeza de que a gente não desaprende a voar.

    ;)

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  44. Oi, AC
    Saudades de você que mais uma vez nos brinda com um poemeto de uma beleza infinita!
    Bjkas com muito carinho!

    http://alemdasnuvens2011.blogspot.com
    http://amadeirado.blogspot.com

    ResponderEliminar
  45. Os melhores amanhãs

    só com boas memórias

    ResponderEliminar
  46. AC

    Sinto falta desta mesma leveza. Se encontrar, reparte comigo? :)

    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  47. Desejo a você tudo de mais lindo e especial que existe nesse mundo,
    que conquiste todos os seus sonhos e objetivos e possamos estar juntos
    por muito tempo em nossas vidas,
    Sua amizade me faz muito feliz obrigada por estar sempre comigo.
    Deixando sempre sua mensagem de carinho
    que faz os meus dias ser melhor e mais bonito.
    Um linda semana beijos e meu carinho,Evanir..

    ResponderEliminar
  48. O tempo deve ser bem vivido...beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  49. eu as vezes perco o aroma.
    Antes eu tinha magia por descobrir cheiros diferentes.
    Hoje perdi o olfato quase por completo
    com carinho Monica

    ResponderEliminar
  50. Que bom seria recuperar esse tempo [e que bem o disseste!]


    Beijo meu, AC.

    ResponderEliminar
  51. Querer já é um início...
    Um grande bj querido amigo

    ResponderEliminar
  52. "Quero despir-me destas roupas, desta opressão, sentir de novo a leveza do cavalgar das nuvens."
    É tudo o que desejo para minha vida atualmente!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  53. Sempre que queremos com força, conseguimos!
    A vontade vindo à tona realiza-se.
    um abraço AC

    * nao sei se a mensagem vai chegar aí , estou tendo problemas . bjs

    ResponderEliminar
  54. "Resgatar as memórias" de um tempo em que o coração tinha asas...
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  55. O tempo não para, e quando andamos nas nuvens
    nos despimos de tudo. Mas somos apenas mortais!,
    não é mesmo?

    P.S.: dá uma olhada na tua caixa de e-mail, please!

    beijos - 0 : )

    ResponderEliminar
  56. Caro AC

    Vc traduz meus anseios em suas palavras, os anseios que tenho neste momento da minha vida.
    Mas talvez fosse melhor deixar tudo ir-se no rio do tempo e recomeçar... tudo novo outra vez, com a frescura perfumada de uma linda manhã de inverno...

    Beijokas.

    ResponderEliminar
  57. Em busca do tempo perdido nos enredamos...
    como serpente que roi a cauda,,,

    abraços

    ResponderEliminar
  58. Não sei como se recupera o tempo perdido, apenas sei que não quero perder mais, por isso tento viver o momento.
    Bjs

    ResponderEliminar
  59. tem gente q vive falando q eu sou mto 'do passado', mas acho q é bem essa vontade de reencontrar as coisas, os sentimentos, as pessoas..

    ResponderEliminar
  60. Bom dia amiga, vim agradecer a voce por sua linda presença no meu cantinho e fazer parte dos meus 200 seguidores! Venha pegar o selinho dos 200 seguidores que eu fiz com muito carinho. Tenha um lindo dia
    Abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  61. Que essa verdade venha a explodir no peito,,,em saudades,,sentimentos e cores...abraços de bom final de semana pra ti meu amigo.

    ResponderEliminar
  62. AC querido meu, teus poemas, todos eles.Deixa a leveza numa profundidade que me encanta.
    Amado gosto de te saber por perto.
    Obrigada!

    Beijinho.
    Fernanda

    ResponderEliminar
  63. Para os actuais dias de sol e calor, impõem-se roupas leves e coloridas, que reforcem o ânimo e libertem o corpo de pesos de estações passadas.

    Um abraço, AC, e um óptimo fim de semana!

    ResponderEliminar
  64. Recuperar o tempo perdido, talvez seja uma motivação para novamente flutuar em nuvens.

    beijos e ótimo fds!


    Mariz

    ResponderEliminar
  65. A vida é um caminho repleto de fases, caminhar nas nuvens é apenas uma delas e é essa inocência que nos dará coragem de seguir e acreditar que tudo será flores e não é, mas o hoje que será o passado molda nosso futuro e não retornará jamais, poderá sim nos visitar nas lembranças se assim desejarmos, pois somos donos de nós mesmos e cabe a nós sofrer ou não, esquecer ou não,sermos livres ou não e a mais ninguém.Parabéns pelo texto.

    ResponderEliminar
  66. Um belo sábado pra ti meu amigo...abraços..

    ResponderEliminar
  67. É tão bom, AC, levantar os braços em forma de agradecimento e sentir os aromas da manhâ...Abraço!

    ResponderEliminar
  68. A arquitectura do coração, quando cavalgava as nuvens...
    E o chorar, chorar e o pedir para Acreditar e o pedir não desistir de si, porque antes era o Deserto e o agora é a leveza e o seu inefável sentir...
    Que belas e envolventes Palavras...
    Como se diz telepaticamente que entendo tudo desde o primeiro segundo até ao ultimo do seu sentir...O destino reserva a resposta da telepatia...

    ResponderEliminar