sábado, 3 de março de 2012

ACERCA DA ÁGUA DAS NASCENTES

.
Margarida Cepêda, À porta do reino dos afectos
.
.
.
Não, hoje não me fales de pássaros nem de horizontes. O frio iludiu-me a guarda e começou a desenhar, bem cá dentro, espirais numa sinfonia quase perfeita. Não gosto do gelo, mas ele canta duma forma que seduz. Deixa-me, hoje preciso de silêncio.
O gelo não passa de água, e isso é bom, mas é vida em constante espera. Se te deixares embalar por essa melodia, talvez embarques numa viagem sem retorno. Sabes, aguardar pode confundir-se, às vezes, com as flores da esperança, mas estas carecem de constante alimento. Porque teimas em aguardar?
Não sei, há momentos em que sinto um imenso frio cá dentro. Diz-me, conheces alguma lareira que aqueça a alma?
Anda cá, deixa-me dar-te um abraço. Às vezes és tão tonto...!
.
.
.

64 comentários:

  1. Um diálogo ensimesmado que é uma delícia!

    ResponderEliminar
  2. abraços, muitos, sempre ... esse aquece a alma.

    das cozinheiras dos vurdóns

    ResponderEliminar
  3. É, o abraço, é mesmo uma lareira!!!

    Um abraço,
    da Lúcia

    ResponderEliminar
  4. Abraços aquecem. Vai é bom.
    Um grande bj querido amigo

    ResponderEliminar
  5. Aguardar infinitamente cansa...e o frio torna-se insuportável!!!Por isso é indispensável uma lareira acesa...os afetos para a alma...o abraço ... o alimento...que não se prescinde jamais...
    (Gostei imenso da tua apreciação à história real...olho de lince....:))

    Beijo:)

    ResponderEliminar
  6. Lindo este texto, AC.

    Li-o em 'cartas aos molhos' e foi o mesmo prazer.

    Há momentos, sim, em que precisamos de silêncio e de aguardar...

    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  7. AC meu amigo
    Adorei!
    Cá em casa existe uma lareira à lavrador está sempre acesa onde passo horas com o meu "folha seca" conversando, petiscando ou nos computadores, mas nada mais quente e aconchegante do que aquele abraço, mesmo sem palavras.
    Amei!

    Bomfim de semana.
    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  8. AC
    Tem dias que eu choro por um abraço.
    Envio lhe o meu e me dou por recebida um abraço tambem
    com amizade Monica

    ResponderEliminar
  9. Por vezes, um abraço é mais importante que as palavras...
    Porque nem sempre se compreende a sensação de vazio....
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  10. Abraços são necessários, quando unem corações! abração,chica

    ResponderEliminar
  11. silêncio algumas vezes nos faz meditar. Sempre é bom receber um abraço.
    Ja te falei da linda combinação dos seus dizeres com as imagens da Margarida.
    beijos tenhas um lindo final de semana.

    ResponderEliminar
  12. Olá, bom amigo AC!
    A liquefação alimenta nossas fontes vitais, mas temos que quebrar esse gelo nem que seja com o calor humano. Na termologia, há mais vida.

    Parabéns pela virtuosidade!

    Abraços do amigo de além-mar e ótimo fim de semana para ti e família!

    ResponderEliminar
  13. penso que as águas são benfazejas e restauradoras, os olhos se apreciam deste lavar-se infindo,



    abraço

    ResponderEliminar
  14. Um abraço que de certeza o aqueceu.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Fico sempre extasiada com este tecer de ideias em imagens escritas que dão origem as estas prosas que mais parecem delicadas rendas poéticas.
    Um abraço e bom Domingo

    ResponderEliminar
  16. por vezes um abraço é melhor que qualquer palavra

    beijos

    ResponderEliminar
  17. Parece tão simples. Mas como é difícil o movimento de aceitar ou dar o abraço.
    beijoss

    ResponderEliminar
  18. o abraço....é ele a lareira da alma .
    Beijo

    ResponderEliminar
  19. Sabes que me fica a ideia de se ter de sair do paradigma da lareira?
    O abraço é um belo desfecho, quase o invejo.
    ...Mas fico a pensar: saberão os poetas quanta energia está contida num pedaço de gelo?

    ResponderEliminar
  20. A única lareira que aquece a sua alma é a sua.
    Deixo-lhe duas lindas frases, de uma grande Senhora das letras: Marguerite Yourcenar.
    " Não mais se dar é ainda dar-se. É dar o seu sacrifício.
    "Melhor que o amor é a cumplicidade".
    Talvez seja tempo de reflecção e contemplação.
    Eleve-se como os mestres veneráveis, escreva palavras quentes e o calor acabará por surgir na sua alma. Sozinho, mas muito bem acompanhado, apenas consigo...
    Com ternura e respeito.

    ResponderEliminar
  21. Águas, pensando bem, são quase magia. E o abraço é mais que isso.
    Gosto imenso de seus textos, AC.

    Abraço virtual, uma forma nova de abraço :)

    ResponderEliminar
  22. Tão ternas essas tuas palavras que eu quis atravessar o oceano a fim de te dar esse abraço. Quem sabe aqueceríamos nossas almas.

    Quando descobrires essa lareira, por favor compartilhe.

    Beijo, AC.

    ResponderEliminar
  23. Um abraço verdadeiro aquece mais que mil lareiras.

    Mas às vezes faz falta a solidão.

    Um bom domingo

    ResponderEliminar
  24. Este belíssimo texto não fala só do abraço , que é o gesto mais aconchegante que há , mas de tudo que faz bem à alma . A tal água da vida.

    Um beijo AC ,
    Maria

    ps ... adorei o seu comentário no todas as cores :)

    ResponderEliminar
  25. Quanta sensibilidade neste dizer de raízes que crescem na alma.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  26. O melhor, o mais forte, aconchegante e acolhedor
    abraço é aquele que manifestamos através de atitudes de solidariedade e compreensão, mesmo que estejamos a quilômetros de distância, mesmo
    que sequer conheçamos a pessoa: abraçamos o mundo, abraçamos a VIDA, com todas as suas vicissitudes!

    beijos :)

    P.S: o "cirandeira" está passando por um
    "eclipse", não percebeste?

    ResponderEliminar
  27. Muitas vezes o gelo da alma nos conflita a vida...abraços de boa semana.

    ResponderEliminar
  28. Ainda ninguém inventou um aquecedor de almas completamente eficaz!
    Vamos aquecendo a alma de acordo com os "recursos" disponíveis...
    Um abraço às vezes serve, outras vezes um copo de vinho branco bem gelado, por estranho que pareça, também aquece a alma! :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
  29. adoraria receber um abraço toda vez que sentisse com esse frio na alma que enregela até os ossos!
    saudades desses textos lindos e de vc!
    beijo e bom domingo!

    ResponderEliminar
  30. às vezes somos tão tontos

    por isso quando nos comovemos, dizemos: fiquei derretido

    derretidamente, AC, nunca duvide de um abraço!

    ResponderEliminar
  31. Olá! Gostei imenso do pouco que li, mas que conto pôr completamente em dia voltando. Estou a tentar também adicioná-lo mas não estou a conseguir. Contudo fá-lo-ei. Obrigado pela visita. Boa semana e um bj

    ResponderEliminar
  32. Nem todas as esperas são um espaço de esperança. Tantas vezes, vivem nos seus antípodas, não deixando de reflectir impotência, desalento ou, até, comodismo.
    E, sim, felizmente conheço algumas lareiras da alma :)))
    Beijinhos e uma boa semana!

    ResponderEliminar
  33. a água tem que ser líquida para fluir livre em suas escolhas, portanto nada de ficar congelada no tempo e no espaço...precisa de construir caminhos ,mas também nada de ferver e virar vapor.
    Um abraço sempre é benvindo.

    ResponderEliminar
  34. A agua é tao importante quanto noso penamentos
    com amizade e carinho de mOnica

    ResponderEliminar
  35. O abraço quente que transforma o gelo em água... e vida :)

    ResponderEliminar
  36. Uma maneira linda de dizer que é fundamental quebrar o gelo para não entrar na sintonia da tristeza.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  37. Gostei deste texto e muito de como termina.

    ResponderEliminar
  38. Um texto muito bonito, AC.
    Tem razão as flores da esperança precisam de alimento e o gelo só derrete com um abraço.

    Beijinho. :)

    ResponderEliminar
  39. Querido Poeta

    Nem todas as esperas são ausências...nem todo o frio vazio.
    Como sempre ler-te é ultrapassar as fronteiras do ser e querer.

    Beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  40. Texto muito lindo AC a falar-nos de afectos de forma muito sensível e metafórica.

    Sem dúvida abraços são lareiras que aquecem a alma e a vida não pode esperar.

    Um abraço.
    Branca

    ResponderEliminar
  41. Não preciso das falas, necessito apenas dos abraços num final de tarde!!

    Beijos querido

    ResponderEliminar
  42. Lindo texto! Agradeço a sua amável visita e o gentil comentário no meu blog!Sua presença será sempre bem vinda!Vc já visitou meu blog ALMA CIGANA?É nele que posto meus poemas...Beijos com perfume de jasmins!

    ResponderEliminar
  43. Deixei-me embalar pela cadência e pelo sentimento destas palavras. Este sim, é um espaço que vale a pena conhecer.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  44. Obrigado pela visita e pela oportunidade de conhecer este blog.
    “Se te deixares embalar por essa melodia, talvez embarques numa viagem sem retorno.” É verdade, deixei-me embalar pela melodia da beleza destes textos e embarquei numa viagem sem retorno…:))
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  45. Estou encantada com a melodia das suas palavras!
    Bem haja

    Na guarida de um abraço a alma aquece sempre!
    Beijos
    Sónia

    ResponderEliminar
  46. o gelo é apenas água
    e o frio?

    Beijinho
    LauraAlberto

    ResponderEliminar
  47. AC,que poesia deliciosa e profundo ensinamento nas entrelinhas!Só mesmo um abraço para aquecer um coração sofrido!Lindo demais!Bjs e boa semana!

    ResponderEliminar
  48. Olá, AC!

    É bem verdade:O frio da alma, tal como o gelo, pode ser estado passageiro, que logo muda com um abraço - de preferência bem quentinho...

    Boa semana; abraço amigo.
    Vitor

    ResponderEliminar
  49. A lareira aquece o corpo físico...O amor aquece a alma... AC, um abraço!

    ResponderEliminar
  50. às vezes o silêncio e um abraço superam quaisquer palavras na capacidade de consolo.

    Um abraço :)

    ResponderEliminar
  51. lindo o que escreve!
    Leve como as manhãs onde a brisa acariciante impera e nos dá o silêncio sem sofrer...

    Saudade,

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
  52. AC, obrigada pela visita e pelas palavras carinhosas.

    Nem sei o que comentar, é tudo tão lindo, me identifico com tudo. Embora um pouco afastada da Internet, sempre que posso, gosto de visitar os amigos.
    O que posso dizer é que sou fã incondicional, isso não dá para negar.

    O que me fez não desistir muitas vezes foi a generosidade e a gentileza de amigos como você, embora nem soubesse me fez tanto bem sempre.

    Um grande abraço meu amigo.

    Elaine

    ResponderEliminar
  53. Às vezes nos deixamos embalar pelo silêncio,que por sua vez, se deixa embalar pelo som do vento, mesmo que esse não tenha como ser ouvido.

    ResponderEliminar
  54. Oi AC,
    Não, não és tonto, és humano.
    E assim me sinto tantas vezes...
    Remedio.. a mim, a fé.

    Beijo meu

    ResponderEliminar
  55. Um belo dia pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderEliminar
  56. Não há gelo que permaneça depois do abraço. Há nos braços um grande incêndio.
    Bj grande

    ResponderEliminar
  57. palavras certas por vezes somos tontos sem querer mas há as vezes que nos fazemos tontos de propósito e aí sim somos espertos por sermos tomados por tontos
    kis :=)

    ResponderEliminar
  58. E eu passei, para me encantar com as tuas palavras, e dar-te um abraço.

    ResponderEliminar
  59. Meu amigo um abraço dado com carinho e amor aquece qualquer alma. Venho também agradecer o ter comemorado comigo o aniversário da minha filha.
    “A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você.” (Ralph Waldo Emerson)
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  60. quando o gelo derrete, há uma terra nova por debaixo dele...onde tudo germina.
    um abraço é cobertor em frente à lareira, mas nem todos os braços nos podem alcançar por dentro...

    tuas palavras têm sempre um gosto bom
    beijinho, amigo querido!

    ResponderEliminar