sábado, 13 de junho de 2015

DAS RARAS AURAS

.
.
.
Olho para ti, deslumbrado, eterno poema de pássaros com ninhos em permanente construção.
O teu olhar, forjado em inquieta vivacidade, não se compadece com lamentos, aprendeu que a luz caminha sempre de braço dado com a sombra. Tal como as poldras na travessia do rio, vais deixando um ânimo aqui, outro mais além, sementeira de afectos irrigadora do que de melhor há nos outros.
Olho para ti, deslumbrado, e deixo que, por momentos, minh'alma se aquiete. Vás para onde fores, a luz e a sombra far-te-ão sempre justiça.
.
.
Poldras - Pedras dispostas de modo a permitirem atravessar correntes de água a pé enxuto. 
.
.

27 comentários:

  1. As raras auras nos proporcionam um contato de infinitudes belas
    inesquecíveis, uma irrigação do melhor afeto...
    Como é bela e especial a tua escrita, como é tocante...
    Em mim, sempre fica a sensação de querer guardar (eternizar)
    estas leituras que faço no teu espaço de arte...
    Grata por estes momentos,AC!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. ~~~
    ~ Que seja um eterno deslumbramento...

    ~~~~ Muito bela a sua poesia, AC.~~~~

    ~ ~ ~ ~ ~ Abraço amigo.. ~ ~ ~ ~ ~

    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  3. Que delícia, retomar a leitura, desde o início de maio, passando pelas postagens como quem vira as páginas de um livro, aguardando os prazeres que ali virão, um a um. Postagens inspiradas e inspiradoras, abre-se a alma do autor e o sentimento se derrama em palavras. Grata pela boa leitura. Abraços.

    ResponderEliminar
  4. Há auras especiais que tem a capacidade de irradiar paz e aconchego. São raras e admiráveis, tem vida dentro.
    Muito bonito AC:)
    Deixo um beijo e votos de um bom domingo.

    ResponderEliminar
  5. assim como a primavera que se renova em cada ciclo, as flores sempre voltam da sombra em que se acomodaram as sementes, e no jogo de sombra e de luz há sempre um sol a brilhar na alma que conduz a aura da vida manifesta.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Lindo, romântico... luz e sombra são inseparáveis, um acompanha o outro mesmo distantes, e engana-se quem acha que a luz é mais importante, porque ambos são concomitantes. Abraços!

    ResponderEliminar
  7. Seja qual for o objeto deste deslumbramento, ele só existe porque o interior se foi preparando para o discernir...
    Muito belo!
    Bjo, AC

    ResponderEliminar
  8. Lindo demais!
    Encantamento e ternura, olhares e pássaros!
    Emoções escritas!
    Beijo carinhoso!

    ResponderEliminar
  9. Há sempre qualquer coisa, que me deslumbra, na sua escrita.
    Chego curiosa, parto sempre encantada.

    Boa noite, AC.

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  10. Muito belo. Convocar as sombras para encontrar a luz, ou desejar a luz para esconder as sombras...
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  11. Jogos de sombra e de luz que se misturam num desenho tão bonito
    :)

    ResponderEliminar
  12. deslumbrada fico eu quando leio textos destes.
    não conhecia a palavra poldras.
    obrigada por estas leituras cheias de magia.
    boa semana.
    beijo
    :)

    ResponderEliminar
  13. Esses, com o dom de iluminarem os caminhos são os melhores de todos nós
    por isso os amamos...

    forte abraço, meuamigo

    ResponderEliminar
  14. Lindíssimo poema! Pássaros,olhares,sombra e luz.
    os deixa deslumbrada.
    Bom dia.

    ResponderEliminar
  15. Poético e verdadeiro, com a luz e a sombra como partes de uma mesma realidade...

    Abraço

    ResponderEliminar
  16. A imagem é linda, mas o poema...ah...o poema me encantou verdadeiramente...é lindíssimo! Parabéns pela incrível sensibilidade! abraço, ania..

    ResponderEliminar
  17. Elas fazem parte de nossa vida beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  18. Romanticamente lindo!!! Luz e movimento preciosos...
    Beijo.

    ResponderEliminar
  19. Suas palavras andam de braços dados com sua sensibilidade . É sua escrita que nos ilumina a todos , poeta . Obrigada . Beijos e boa semana .

    ResponderEliminar
  20. Vim espreitar aqui, por intermédio do blogue da Chica, Céu e Palavras...
    Muitos parabéns por este espaço, que gostei imenso de conhecer!
    Abraço
    Ana

    ResponderEliminar
  21. Confundi com o outro blogue da Chica... Vendo as Cores da Vida...
    Como visito ambos... confundi os nomes... Peço desculpa!
    Se nos desejar visitar, estamos em artandkits.blogspot.com e teremos imenso gosto...
    Cores, música, natureza, fotografia, pintura... são os nossos filtros... para ver a vida...
    abraço
    Ana

    ResponderEliminar
  22. Esta música é tão bonita :) assim como o texto. Parabéns!

    ResponderEliminar
  23. Que bom que a justiça é sempre feita, haja justiça em alguém.

    ResponderEliminar
  24. Realmente há auras assim. Adorei estas palavras, esta luz e sombra!

    beijos

    ResponderEliminar
  25. E por aqui ando eu, lendo e ficando deslumbrada.
    Momento bom este , escutando esta música.
    Abraço*

    ResponderEliminar