sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

ACERCA DOS INCONTROLÁVEIS BRINQUEDOS DOS MODERNOS FEITICEIROS

.
O ser humano já demonstrou, quase à exaustão, que não sabe ser senhor do seu destino. Reformulá-lo, tal a evidência, não é o problema, a verdadeira questão surge no tipo de reajuste, em quem o controla. E voltamos ao início, à luta pelo poder. Só que as armas, hoje, estão muito além do(s) feiticeiro(s).
.
.

20 comentários:

  1. Absolutamente verdade.
    Não tardará que o feitiço se rebele contra o feiticeiro. Nessa altura talvez seja tarde de mais, para reajustes.
    Fica um beijo AC.

    ResponderEliminar
  2. O "Poder" já não tem como propósito maior liderar os povos segundo os interesses dos mesmos, mas liderar segundo o interesse dos próprios líderes e daí todos os desacertos - chamemos-lhe corrupção ou mesmo imoralidade.

    Bj.

    ResponderEliminar
  3. Uma grande verdade. O ser humano está impregnado de ambição e de sede do poder. E isso tira-lhe toda a racionalidade.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. ~~~
    Quase sempre,
    «o feitiço vira-se contra o feiticeiro»...

    Entretanto,
    sofrem vítimas tristemente ludibriadas.

    ~~~ Abraço amigo, AC. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  5. Este título é soberbo!Quando era criança e lia contos de fadas, sonhava ter uma varinha de condão para realizar os meus desejos... simples...Penso que os rapazinhos sonhavam com o mesmo...Aprendíamos nesses contos de fadas que os bons eram recompensados e os maus castigados...Queríamos as nossas varinhas de condão para as colocar ao serviço do bem...se bem aprendêramos a lição...Crescemos e alguns de nós viemos a perceber que temos poder, que a varinha de condão está em nós e que pode ser usada de múltiplas formas...para o bem e para o mal...Duvido que os rapazinhos que hoje lideram o mundo tenham lido os mesmos contos de fadas que eu...
    Obrigado AC

    ResponderEliminar
  6. Os feiticeiros acabaram por desaparecer às mãos das "poções mágicas e descontroláveis dos seus brinquedos" e com eles muitos inocentes. A história sempre foi, é e será "uma pescadinha de rabo na boca"

    Bom fim de semana

    Abraços

    ResponderEliminar
  7. Nada mais certo... A última novidade, parece ser desejarem brincar com as forças da Natureza, por controle remoto... carrega-se num botãozinho... e altera-se o curso de um furacãozinho, ou tsunami... e rebenta-se com um país, em menos tempo, do que um espirro... lá para o Alaska, alegadamente, parece que se andam a fazer umas estranhas experiências, nesse sentido... isso não se considerando sequer a hipótese de armas químicas... que deverão andar a ser cozinhadas... em diversos países... afinem-se as doses... e o processo para reverter os seus efeitos, para meia dúzia de eleitos... e estarão prontas a entrar em acção...
    Tristeza de mundo! Até os animais, desenvolveram instintos de preservação da sua própria espécie...
    Beijinho! Bom fim de semana! Adorei o post... e o título, por aqui...
    Ana

    ResponderEliminar
  8. É uma pena chegar a este ponto...
    você disse uma grande verdade!
    Abraços,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  9. Onde há humanos, há luta pelo poder. Infelizmente.

    ResponderEliminar
  10. A verdade está muito além do jardim, pois quando o homem pensa dominar o mundo , algo que é sólido se desmancha no ar. E ele não percebe em sua estupidez que não tem na verdade nenhum poder.
    um abraço

    ResponderEliminar
  11. Dura realidade e triste realidade...em tempos de tamanhas destruições!
    Abraços carinhosos meus a ti AC.

    ResponderEliminar
  12. Só posso pensar que o homem é um ser no qual não se pode confiar! Destrói-se nas suas próprias invenções.
    xx

    ResponderEliminar
  13. Até os feiticeiros estão descontrolados, entretanto poucos restam para brincar com os brinquedos que eles inventam.... Triste!
    Beijinho AC

    ResponderEliminar
  14. E o que fazer quando parece que não há mais nada a fazer?
    Embora já seja tudo, o homem ainda quer ser mais...

    Forte abraço, AC

    ResponderEliminar
  15. Há muito tempo que se brinca com assuntos demasiado sérios, e a consequência desse desconcerto, da insatisfação, a ganância pelo poder... os feiticeiros esqueceram-se do povo e servem agora outros com estatutos mais elevados e escabrosos! E nesta roda viva ... a natureza enlouquece e os homens, os de grande fé e os canalhas, todos pagam pela mesma bitola.... é injusto, tremendamente injusto... refiro-me às alterações climáticas, mas é assim... vivemos na casa comum.... e todos os que se encontram (in) vão padecer...
    tu e eu sabemos que quem comanda, não sabe comandar! No entanto, permanece lá! ????

    Beijinhos, AC

    ResponderEliminar
  16. tão verdade que até doi....tanta sede de poder!

    :(

    ResponderEliminar
  17. Depois, fazem fóruns mundiais e expressam grande vontade de mudança mas quão vãs as palavras. Pequim fechou há dias, pela primeira vez na história, todas as escolas e estabelecimentos públicos porque os níveis de poluição da cidade superavam em 24 vezes o que é considerado seguro para a saúde humana...
    Andamos a tecer o nosso próprio fim

    ResponderEliminar
  18. Ah pois! E, já dizia um antigo professor meu, o ser humano não aprende com os erros, como se pode ver pela História, porque comete constantemente (e ciclicamente, acrescento eu) os mesmos.
    Beijinhos, bom dia!

    ResponderEliminar
  19. Incontrolável é já a torrente dos rios.
    Até quando?
    Bjo, amigo

    ResponderEliminar
  20. Filosofando, AC!
    O problema, nosso, é que o Poder deixou de ser p'ra_dar e passou a ter como fim tirar, extorquir.

    ResponderEliminar