domingo, 14 de setembro de 2014

REGRESSO

.
.
Não vou dissertar sobre as pausas, mas elas são necessárias. O que importa é que estou de volta.
Obrigado a todos os que perguntaram.
.
.

32 comentários:

  1. Que bom te ver de volta! Ótimo retorno! abraços,chica

    ResponderEliminar
  2. Que bom estar de volta! Mesmo a tempo de saber que no próximo sábado será lançada uma colectânea onde participo.
    Bom domingo
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde, AC. Que bom que voltou, uma vez que escreve bem demais.
    Nem sempre temos a capacidade ou vontade mesmo de falar sobre as pausas, afinal, é algo na maioria das vezes muito particular.
    Seja bem-vindo.
    Tenha uma semana de paz.

    http://refugio-origens.blogspot.com.br/2014/09/nebulosidade-da-emocao-by-patricia-pinna.html

    http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br/2014/09/relampagos-e-trovoes.html

    Beijos na alma!

    ResponderEliminar
  4. Você pode adicionar temas pra seu blog aqui:
    http://portifolio.semguarda-chuvas.com/

    ResponderEliminar
  5. As pausas são bem necessárias, essenciais até.
    Feliz regresso, AC.
    xx

    ResponderEliminar
  6. Como disse a música..."amigo é coisa pra se guardar" .Ficamos á espera.E agora estamos contente!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  7. Que bom estar de volta. Já tinha saudades dos seus textos.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  8. Cheguei no dia do regresso e gostei de saber de si, AC. Eu, que raramente regresso à blogosfera, não deixo de regressar mesmo que de longe a longe, aqui.
    Um beijo e tudo de bom.

    ResponderEliminar
  9. Umas vezes são forçadas, outras vezes são voluntárias... só temos que aceitar e entender, apesar de sentirmos a falta dos amigos.
    O importante é que está de volta e estamos todos felizes com isso.
    Abraço
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderEliminar
  10. Vou aguardar meu amigo!

    Bom regresso e boa semana AC

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  11. As pausas não são interregnos de interioridades
    mas apenas da sua necessária expressão, por isso se sentiu a ausência

    ResponderEliminar
  12. Felicidades para você!
    As pausas são necessárias!

    ResponderEliminar
  13. Parar para ver como se anda

    Bom regresso
    Abraço

    ResponderEliminar
  14. Concordo desde que seja a tua vontade, AC. E eu respeito as decisões de cada um!
    No entanto, não posso deixar de dizer que brindo ao teu regresso...
    Bjo :)

    ResponderEliminar
  15. Ah, Caríssimo seja sempre bem vindo :)
    Um abraço

    ResponderEliminar
  16. As pausas também são música...
    Ainda bem que voltaste.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  17. Pois são... Necessárias porque retemperam a alma e o espírito, e nós não somos apenas matéria... Bem vindo, pois...

    Abraço

    ResponderEliminar
  18. Pausas, reorganização, reestruturação, renascimento... regresso. que bom que voltou. Um abraço!

    ResponderEliminar
  19. Blog encantador,gostei do que vi e li,e desde já lhe dou os parabéns,
    também agradeço por partilhar o seu saber, se achar que merece a pena visitar o Peregrino E Servo,também se desejar faça parte dos meus amigos virtuais faça-o de maneira a que possa encontrar o seu blog,para que possa seguir também o seu blog. Paz.
    António Batalha.

    ResponderEliminar
  20. Descubro agora que fizemos pausa na mesma altura, não combinámos! estamos de volta...isso é o que importa.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Poeta ,
    Estava com saudade de seus textos .
    Alegre , agora , com seu retorno .
    Beijos

    ResponderEliminar
  22. Bom regresso, com lindas poesias!

    bjim,

    Lígia e=^.^=

    ResponderEliminar
  23. São mesmo necessárias. Sem dúvida alguma. Pensei que não voltasse, é que pelo que me tenho apercebido alguns bloggers fecham os seus espaços e desaparecem de um momento para o outro. Ainda bem que não é o caso.

    Beijinho, AC, e uma boa noite :)

    ResponderEliminar