sexta-feira, 16 de outubro de 2020

UMA ILHA DE M...

.
.
.
Não sei quem és, mas imagino-te. És alguém que acredita que, para além das amarras da luta pela sobrevivência, é bom andar ao sabor do vento, sem grandes preocupações, como se, a partir do metafórico apito da sirene, pudesses navegar para uma ilha só tua. Se alguém quiser mudanças, que lute.
Estás enganado, já há muito que as ilhas estão todas monitorizadas, até as do pensamento. Sabes, já que não te queres fazer ouvir, a única forma de passares despercebido é disfarçares-te de lixo. Há tanto por aí que, com toda a certeza, encontrarás a tua ilha no meio de tanta porcaria. Não sei se isso te diz algo, mas haverá sempre alguém que diz não.
.
.

20 comentários:

  1. Pois, por vezes, sinto que ando ao sabor do vento. Mas não devia andar, não é mesmo?
    Gostei de ouvir a música
    .
    Saudações amigas

    ResponderEliminar
  2. Quem avisa, amigo é!! :))

    Este é o postal que jamais pensaria encontrar no teu cantinho.
    Sabes que fiquei contente e soltei a minha melhor gargalhada do dia? Assim, quase sem eu querer...

    Surprise!

    Mas depois, fiquei a pensar seriamente nas tuas palavras e o riso morreu-me...Vai ser esse o destino colectivo?
    Eu digo NÃO.

    Fica bem, AC.

    ResponderEliminar
  3. https://youtu.be/McRqaiBmIT4

    Junto a minha à sua voz.
    Boa tarde, sô AC

    ResponderEliminar
  4. Fez-se um pequeno treino na Ilha de Pascoa... antes de se fazer o mesmo à escala global... com mais perfeição, e distinção!
    Porque todo o ser humano que se preza... faz sempre melhor m**** que os seus antepassados!...
    5 continentes pandémicos... com o pulmão do mundo a desaparecer, e o Ártico a derreter a sua ultima plataforma, com gelo de 4000 anos, a um ritmo que já nem nenhum cientista explica... não nos estamos a sair mesmo nada mal!...
    Espero que a bilheteira para Marte, comece a funcionar em breve... assim sempre se pode ainda continuar a fazer m**** para outro lado!... :-)
    Adorei por demais o vídeo! :-))
    Beijinhos! Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  5. Aceito todos os adjetivos que quiser me dar, qualquer insulto que quiser dizer. Eu aceito tudo. Sou tudo isso e talvez até mais podre que qualquer podridão que possas imaginar. Sabe querido cansei. Pense o que quiser do que quiser. Seu desejo será realizado. Puf! Fim! E nos pensamentos criou a sua realidade.
    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi AC rsrs. Apenas um breve relato do que me passou na cabeça após ler o teu texto. Não leve a sério. Ok? Beijo

      Eliminar
    2. Ténues são as linhas com que tecemos o nosso pensamento. Às vezes os outros entendem, outras apenas vêem aquilo que querem ver. A vida é mesmo assim.

      Eliminar
  6. Nem é preciso se disfarçar de lixo se para passar despercebido. Em muitas situações, já estamos no meio dele. Abraço.

    ResponderEliminar
  7. Também digo não.
    Abraço saúde e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  8. Digo não!
    Mas não dizemos todos...
    Será que fazemos o não que dizemos?

    Isto está complicado, AC...

    Deixo um grande abraço e um beijo
    ( sem nãos e muitos sins)

    ResponderEliminar
  9. A coisa tá danada,AC! O mundo todo...
    Vim agradecer ta linda participação e carinho com KIKO. Seguimos hospital!!!AFFF...Que melhore, coitado! abração,chica

    ResponderEliminar
  10. Pois eu lhe digo que, quando quero, tenho ainda minhas ilhas do pensamento, só minhas e sem qualquer intromissão.
    Seu texto sugere muitas reflexões... É breve, mas leva tempo para ser digerido. Voltarei aqui para outra leitura, tenha certeza.

    ResponderEliminar
  11. Que bom poder voltar aqui...estou aos poucos a reencontrar os blogs que seguia. Bom , sem parodiar, tudo ao sabor do vento, rs, mas de vez em quando dando meu primo, não disse rumo.Ah! Ontem lembrava com minha filha que está em home office conosco (trabalha noutro Estado) ,uma frase que alavancou minha juventude dita pela primeira mulher deputada em PE(se viva seria centenária):-minha filha , pobre para vencer na vida tem que se levantar do lixo sozinho, ninguém vai te procurar lá "-Então, o lixo tem,também, seus encantos e motivação...Nem tudo dá em merda! O tripé: Fé, Esperança e Caridade deve nos mover.Amo seus postos, rs, são alavancas de reflexões múltiplas. Prazer em te rever.Abraço.

    ResponderEliminar
  12. Pela primeira vez uma merda que cheira e soa bem!!
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
  13. Junto-me ao teu grito de revolta e também digo NÂO!!!!

    Beijos e um bom dia

    ResponderEliminar
  14. Um destino colectivo em que a ilha que temos "adiada no peito" só pode ser lixo? Não pode ser. Andamos a sonhar com voos que nos façam perder a sombra que temos. Continuaremos a sonhar...
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  15. Oi A.C. só há uma maneira de viver em toda a realidade que se expõe...alienação nem sempre é alienação mas também pode ser sobrevivência, resguardando-se .
    fiquei refletindo sobre tudo isso e me lembrei que por volta dos anos 70 (talvez) o teatro estava apresentando peças introduzindo palavras consideradas palavrões...Não me lembro do nome da peça que assisti que em cada fala o ator ou atriz introduzia a palavra merda que para a época era um palavrão.Escandalizou , no começo, depois ao longo da peça a palavra esvaziou o conteúdo de tal forma que já não representava mais nada...perdeu completamente a força. Será que é isso que acontece quando começamos a falar de teorias totalitárias que de tanto falar acaba sendo um pensamento possível e natural...penso que melhor não.Vamos dar a cada palavra a sua força e se for revolta assino embaixo.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  16. Poeta , também digo um sonoro : não !
    Beijos

    ResponderEliminar