sábado, 28 de abril de 2018

SEGREDOS, MA NON TROPPO

.
Fotografia de Gaja Maria
.
.
Gosto de alguns segredos, das pistas que deixam, gosto das zonas quase sagradas onde depositamos aquilo que, de mais precioso, preservamos do impacto das maiorias. É uma forma de tentar respirar, em aparente estado puro, aquilo que de mais fundo se agita em nós, fórmula quase alquímica de preservação de preciosas fragilidades, indefesas perante o tacão dum qualquer uniforme.
Gosto de certos segredos, conspiração movida a verde-sol-violeta, das finas teias que tecem, onde a delicadeza de tons se esforça por dar a pincelada perfeita.
Ah, como me prendo a certos segredos, daqueles que estimulam aquilo que de melhor há em nós, à espera do momento certo para eclodir, eterna reserva de quem nunca se resigna, de quem nunca desiste...!
Move-me o eterno gosto de tentar, por mais que doa, o eterno gosto de respirar, o eterno gosto de viver.
.
.

20 comentários:

  1. na beleza do segredo os sentimentos mais puros se revelam.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. E eu gosto desta sua forma de poetizar a escrita.
    E da foto da Gaja Maria.
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  3. Os segredos constroem-se no silencio. Eu gosto do silêncio e dos corações daqueles que conseguem manter um silencio e um segredo. Um abraco.

    ResponderEliminar
  4. Há segredos que são mistérios por revelar...

    ResponderEliminar
  5. Gostei de ler. Também gosto de segredos.
    Gosto até de abrir os braços, bocejar, preguiçar, miar e, se possivel, arquear o dorso como se gato fosse. Com glicínias e pinheiros a ver.
    E o maio está quase a chegar. Em segredo!?
    Acho que não, AC.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Gosto. Gosto tanto. Desta sua escrita movida a verde sol :-)

    Boa noite, AC

    ResponderEliminar
  7. Segredo? Existe isso?

    Belo texto!
    Um abraço e bom final de semana.

    ResponderEliminar
  8. Também gosto de alguns segredos.
    Linda reflexão.
    Bom domingo
    Um abraço
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  9. Também há segredos que gosto e de outros nem tanto.
    Aqui, gostei de tudo: dos segredos segredados e da bonita fotografia.
    Como não gostaria se tudo por cá é feito de suavidade e sonho?

    Boa noite, A.C.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  10. "Gosto de certos segredos, conspiração movida a verde-sol-violeta, das finas teias que tecem, onde a delicadeza de tons se esforça por dar a pincelada perfeita."
    É assim, quase em segredo, que a poesia se guinda ao alto.

    Beijo, AC.

    ResponderEliminar
  11. Também tenho muito essa mania - gosto muito de estar vivo.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
  12. Os segredos. Sinais de uma intimidade recatada...
    É sempre um gosto enorme ler os seus textos magníficos.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  13. Os segredos, não sendo esses mesmo segredos escabrosos, são realmente o tempero ideal para uma vida que se quer de quando em vez aromatizada com jindungo. A minha mãe sabia muito dessas coisas, talvez seja por isso que plantou uma pequena árvore/planta de jindungo lá na casa de família. Já viu o AC que bela herança a minha!?!

    Texto bom este, bom, tranquilo, com os temperos certos.

    Beijinho, AC, tenha um bom feriado :)

    ResponderEliminar
  14. A foto muito bela (parece um bordado encantador
    ao olhos...) em perfeita harmonia com o teu
    belo texto, AC.
    Acredito e sigo num respirar a singularidade e nos
    espaços dos silêncios, não me identifico com este
    mundo vitrine, mural dos excessos na senha da
    exposição.
    Bom feriado!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  15. Também..."Gosto"
    Também..."Gosto"
    Também..."Ah"
    Também..."Move-me"

    Mas também: "não gosto muito" de segredos:))))

    Adorei este momento.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  16. Que texto lindo e tão a propósito. Parece um fino e delicado bordado entrelaçado naquela glicínia... Sabes tão bem ler. Obrigada e um forte abraço.

    ResponderEliminar
  17. E saber viver... bem... é um verdadeiro segredo, ao alcance de muito poucos...
    Um belíssimo texto... e uma imagem de sonho... de um lugar que apetece de facto preservar... e dele fazer segredo!...
    Beijinho! Bom fim de semana, AC!
    Ana

    ResponderEliminar
  18. Que lindo contemplar de alma!
    Respirando o sentimento puro que pulsa nos segredos do Universo!
    Beijo carinhoso!

    ResponderEliminar
  19. A catarse do segredar...
    beijinho
    Belo texto!

    ResponderEliminar
  20. Me paso tu blog Anna de poemias,
    http://anna-historias.blogspot.com/2018/06/jesus.html?m=1 Me ha gustado tu blog mas amenudo lo visitare.
    Besos

    ResponderEliminar