domingo, 11 de novembro de 2018

CRÓNICA TRANQUILA DE TARDE DE DOMINGO

.
Fotografia de AC
.
.
Na envolvência da casa, ladeada de árvores e arbustos, o festival de cor, à medida que os dias passam, tende a escurecer a riqueza de tons. É um fim de ciclo mas, em simultâneo, como que lembrando que os compartimentos da vida nunca são estanques, tudo se começa a preparar, sem pressas, para o fermentar dum novo desabrochar de vida, a eclodir daqui a alguns meses, quando o sol, magnânimo, se dispuser a voar mais alto, qual braço de ferro com a sombra em que ora agora mando eu, ora depois vences tu.
Chove lá fora, em abundância, numa melodia cerzida em tons fortes. A lareira, entretanto, já crepita, convidando ao recolhimento e à reflexão. Entra em cena um livro, uma música tranquila já se faz ouvir. Depois, lá mais para o fim da tarde, será a vez das castanhas sentirem o aconchego do lume. A jeropiga, para adoçar o prazer, já se encontra a postos.
.
.

49 comentários:

  1. O São Martinho não nos trouxe o sol, como manda a tradição, mas sinto-me compensada com este acolhedor texto, trazido por ti.
    Eu nem esperei por mais logo, cozi castanhas e já as comi.
    A jeropiga fez-me o favor de as empurrar goela abaixo. Pode ser que mais logo me tragam as quentes e boas, assadas.

    AC, por acaso essa foto tiraste-a no Fundão?

    Um beijinho e bom São Martinho. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O texto refere o local, Janita. :)

      Abraço

      Eliminar
    2. Ah, bem...pensei que isso fosse o prédio de uma qualquer rua daí, e não a tua residência. :)

      Está tudo bem contigo e os teus, AC?
      Estou a ficar preocupada. Diz como estás, por favor.

      Um forte abraço.

      Eliminar
  2. Tu escreves tao lindamente e nos parece levar junto pra esse cenário ! Adorei! Bjs chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aí está uma tarde de outono chuvoso, contada com todo o requinte e simplicidade. Vai uma castanhita?

      Boa tarde, AC

      Eliminar
  3. Na complexidade do simples
    serenas palavras
    O meu abraço também à lareira
    com belos relâmpagos
    a iluminarem a casa




    ResponderEliminar
  4. Ora bolas!!!
    Acabaste de me lembrar do que me esqueci!
    A jeropiga!
    Chegada das compras com uma boa carne e castanhas, mas... Faltou-me a jeropiga!!
    (Haverá alguma por aqui feita pelo meu sogro?!? - vou procurar!)

    ResponderEliminar
  5. Mais um daqueles textos... convidativos a uma degustação bem tranquila!...
    Delicioso, como sempre!... Para ler e reler...
    Votos de um excelente final de domingo, AC, aproveitando para avisar que o meu próximo post, para breve, conterá umas palavrinhas suas... se a tradução não estiver a contento, será só dizer-me, que a mesma será prontamente alterada...
    Beijinho!
    Ana

    ResponderEliminar
  6. Um post aconchegante, confortável.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
  7. Consigo ouvir o sossego que o envolve, neste mês de novembro cor de mel…
    Belíssimo o seu texto!
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  8. Excelente sugestão da Ana Freire! Amei o blogue, o texto. Tudo!

    És o meu porto seguro...
    Beijos e uma excelente semana!

    ResponderEliminar
  9. Novembro, o mês mágico do outono, que se faz Primavera do inverno.
    Gostei muito desta sua partilha intimista :).
    Fica um beijinho com estima e amizade.

    ResponderEliminar
  10. Adoro as cores Outonais. estas, precisamente. Adorei seu blogue.:))

    "Dando asas ao coração"

    Bjos
    Votos de uma óptima Terça - Feira.

    ResponderEliminar
  11. Há belas imagens e palavras inspiradoras por aqui, um abraço!

    ResponderEliminar
  12. Como sempre, um texto cheio de poesia, completado por uma foto de tons outonais, muito bonita. Gostei muito.
    Abraço

    ResponderEliminar
  13. E as saudades que eu já tinha de ler os textos tranquilos, reais, cosidos com uma sabedoria que só alguns possuem. O AC possui, ora, é um homem muito rico :)

    Aceite um beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Tons, cores e sabores. Bem a meu gosto.
    Beijinhos, AC.

    ResponderEliminar
  15. Poeta , tudo lindo por aqui .
    " Os compartimentos da vida nunca são estanques ".
    Sabedoria , sempre .
    Beijos

    ResponderEliminar
  16. Abri a sua página no blogue de uma amiga
    e fiquei preocupada ao verificar que não
    publica há um mês...
    Desejo que tudo esteja bem e corra da
    melhor maneira.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  17. Espero que esteja bem.
    Que tenha um Natal de Amor e um novo Ano com tudo o que mais deseja.
    Boas Festas!
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  18. Que o Menino Jesus ilumine o Natal com a esperança de dias melhores e momentos especiais em sua vida. Que Ele ilumine sua família para que jamais esqueçam que a compreensão é a base de tudo. Que este Natal seja mais do que uma festa, seja a celebração de um recomeço cheio de paz e amor entre os homens de boa vontade.

    Feliz Natal e um próspero Ano Novo.

    ResponderEliminar
  19. Votos de um Bom Natal, para si e todos os seus, AC, com saúde e paz, que é o fundamental!...
    Festas Felizes! Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
  20. Vida boa não quer pressa. Rsrs.

    Abraços, Feliz Natal e um próspero Ano Novo para ti e para os teus.

    Furtado

    ResponderEliminar
  21. Desejo que estejas bem assim como os teus e desejar Boas Festas a todos.

    Estás ausente, mas não queria deixar o que sinto.

    Beijos sinceros

    ResponderEliminar
  22. ⭐ É nestes dias de natividade que surge a necessidade
    de expressar o amor que sentimos e, mais do que nunca,
    a Amizade surge como forma de Amor.
    Terno abraço, Amigo.
    ~~~

    ResponderEliminar
  23. Poeta , passo para desejar um abençoado Natal a você e família .
    Muita paz , saúde , amor , sucesso e lindos textos seus no novo ano que se aproxima . Beijos

    ResponderEliminar
  24. Feliz 2019! Com muita saúde, afectos, muitos motivos de alegria, e outros tantos de inspiração, que tanto nos encanta por aqui...
    Tudo de bom! Feliz Ano Novo! Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
  25. Hoje passei para deixar um abraço e desejar um feliz 2019

    ResponderEliminar
  26. Tenho um gosto especial por este cantinho porque sei que se afirma pela Verdade, pelo Homem, pela Natureza, não como leitor de cumprir likes e de picar pontos. O ano...
    Mais do que uma folha de papel povoada de números agrupados em doze títulos, o tempo mede-se com os olhos e a roupa que se veste, sei. É apropriado, da natureza que somos, ler a Natureza que nos rodeia e respeitar fecundações, gestações, colheitas e pausas. No entanto, a aceleração esquizofrénica dos períodos ou ciclos, mais ou menos ideais no sentido de uma ascensão ao vácuo, propulsionados pela contemporaneidade e pela chamada realidade virtual contrariam o fluir, o fruir genuíno da vida por imperativos do chamado vil metal. O saber de sabedoria feito dos sinais e do seu cumprimento há-de superar de certo a velocidade da luz. A lareira, a música, a leitura, o pensar, a geropiga, as castanhas... é que fazem o Homem de Verdade.
    É ser egoísta mas confesso que venho pelo prazer da leitura.
    Passado o equinócio espero que a saúde por aí cresça até ao solstício, amigo AC.

    ResponderEliminar
  27. Boa noite!
    É ainda tempo de desejar 2019 muito alegre!
    Um lindo conto com particularidades daí que tanto aprecio.
    Seja feliz e abençoado junto aos seus amados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
  28. Costumo passar aqui pelo prazer de o ler. Espero que esteja bem. Que o seu Ano seja excelente.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  29. Subscrevo o comentário anterior de Graça Pires! Um abraço!

    ResponderEliminar
  30. AC, sei que já não escreve neste blog desde Novembro.2018 - esperemos que esteja tudo bem consigo -, de qualquer forma achei por bem informar que encerrei o meu amanhecer e tenho uma nova casa virtual, e porque o AC fez parte da outra "casa" durante muito tempo, deixo-lhe aqui o link da nova: https://tamisando.blogspot.com/

    Aceite um beijinho :)

    ResponderEliminar
  31. Poeta , há alguns meses está ausente de seu blog e isto preocupa todos seus seguidores . Está tudo bem com você e família ? Beijos

    ResponderEliminar
  32. Hello....ainda andas por cá, AC?

    As cerejeiras em flor, devem de estar lindíssimas.
    Quando é que vens alegrar isto?
    Fico à tua espera.

    Um forte abraço, AC.

    ResponderEliminar
  33. Desejo que tenha tido uma boa Páscoa. Ando com saudades de ler o que escreve.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  34. Vim pelas saudades :)
    Apesar de o encontrar lá, no outro lugar, este aqui é mais lento e calmo, muito mais aprazível.
    Gosto de o ler...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  35. No que se refere ao outro lugar...foi engano no destinatário...
    beijinho

    ResponderEliminar
  36. Quando voltares avisa e olha que as saudades já são muitas:)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  37. POETA ,
    Sou mais uma de suas seguidoras a pedir que retorne logo .
    Sua escrita nos faz falta .
    Beijos ,

    ResponderEliminar
  38. Vem o tempo das cerejas e eu lembro-me do AC e do Interioridades,
    A serra deve já ter o doce sabor do fruto.

    ResponderEliminar
  39. Encontrei um comentário seu de há dias.
    Gostei de saber que está bem.
    Se iniciar outro blogue, avise...
    Tudo bom.
    Beijo
    ~~~~~~

    ResponderEliminar
  40. AC se o poderes fazer, por favor dá noticias!
    A tua ausência é inquietante :((

    Beijinho com carinho e amizade.

    Adélia

    ResponderEliminar
  41. Sempre gostei desta prosa.
    Andei afastada, o tempo não dá para tudo.
    A foto é lindíssima, como sempre a condizer com o texto.
    Beijinho

    ResponderEliminar